Valverde elogia atitude do Barça contra Sevilla e exalta Messi: "É decisivo sempre que toca na bola"
(Foto: Miguel Ruiz/FC Barcelona)

Em uma partida bastante complicada no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilla e Barcelona fizeram uma grande partida e empataram com o placar de 2 a 2. Depois sair perdendo de 2 a 0, o técnico Ernesto Valverde colocou Messi na partida e o jogo mudou, com o argentino empatando para o Barça aos 88min. Após a partida, Valverde exaltou Messi por ser mais uma vez decisivo e elogiou o espírito de reação da equipe.

Sobre a partida, o treinador destacou o equilíbrio das duas equipes e elogiou a atitude da equipe para empatar o jogo. “É verdade que houve de tudo na partida. No primeiro tempo foi muito equilibrado, ainda que eles levavam muito perigo nos contra-ataques. Na segunda etapa nos arriscamos muito e nos expondo assim quase nos custou sofrer o terceiro gol. Nós subimos muito buscando o gol que nos colocasse de volta na partida. Eles podiam ter marcado o terceiro gol, mas nós conseguimos empatar”, avaliou Valverde.

Valverde também elogiou o Sevilla e novamente destacou o poder de reação da equipe, mas ressaltou que há coisas que se precisa corrigir. “Tivemos dificuldades porque eles são uma grande equipe e se encontraram no cenário ideal para que nos custasse jogar. Conseguiam nos preocupar nos contra-ataques e tiveram três escanteios a favor que conseguimos controlar. Sofrer o 2 a 0 tão cedo nos obrigou a ir pra frente atrás de gols. Não somos uma equipe que conceda muitas ocasiões, devemos revisar e corrigir o que aconteceu”, analisou sobre o jogo.

Sobre Messi, o técnico exaltou o craque que saiu do banco de reservas e mudou a partida marcando o gol de empate. Valverde destacou a importância de Messi e espera contar com o camisa 10 contra a Roma. “Se tem Messi e ele não joga, fica claro que tem muita importância. É um jogador decisivo sempre que toca na bola. Era previsto que Messi jogasse no segundo tempo qualquer que fosse o resultado. Ele sente alguns incômodos, mas não joga há duas semanas e precisava de ritmo. Acreditamos que quarta (contra a Roma pela UCL) ele estará disponível, mas ainda veremos o esforço que fez hoje”, declarou valverde.

A 11 pontos do vice-líder do campeonato espanhol, Valverde descartou que o título já seja do Barcelona e frisou que espera disputar até a última rodada do campeonato. “Nós não vemos a liga como ganha ou quase. Queremos competir até o final. Tivemos fé e fomos atrás dos gols para empatar a partida, apostamos nos laterais jogando mais avançados. Por isso a nossa celebração com o empate, pois mostra o espírito que a equipe tem”, destacou o técnico.

Para finalizar sua entrevista, Valverde voltou a falar sobre o Sevilla, já que as duas equipes ainda irão se enfrentar na final da Copa do Rei, no dia 21 de abril. “Devemos ter claro que todas as partidas servem de referência para nós e para eles. Em qualquer confronto direto, se veem coisas que não se vê quando o rival joga contra outras equipes. A final vai ser muito disputada”, alertou o treinador.

A próxima partida do Barcelona será já na quarta-feira (5), pela partida de ida das quartas de finais da Uefa Champions League. Com o primeiro jogo sendo na Itália, o Barcelona irá enfrentar a Roma, no Estádio Olímpico de Roma, às 15h45. Valverde espera contar com Messi na sua equipe titular, mas apenas Busquets ainda estará de fora do confronto.

VAVEL Logo