Lealdade ao Colônia: goleiro Timo Horn estende vínculo com clube, apesar de iminente rebaixamento

Lealdade ao Colônia: goleiro Timo Horn estende vínculo com clube, apesar de iminente rebaixamento

Assim como o lateral-esquerdo Jonas Hector agiu no começo da semana, o arqueiro retira a cláusula contratual, renova contrato com os Bodes por mais quatro temporadas e afirma gratidão pela projeção nacional e internacional obtida no clube

tainanmelo
Taynã Melo

O Colônia está prestes a ser rebaixado à 2. Bundesliga. Em uma temporada que tudo desandou e aconteceu completamente o inverso de tudo que os envolvidos no clube imaginavam, é questão de tempo a concretização da queda e de mais uma saída da elite alemã na década. Ainda assim, o clube, que poderia ter uma debandada geral e perder vários jogadores talentosos de seu elenco, vê a lealdade de alguns jogadores, que demonstram gratidão ao time pelas projeções pessoais alcançadas.

No começo da semana, foi o lateral-esquerdo Jonas Hector que retirou uma cláusula contratual e assinou a prorrogação do vínculo com o clube até 2023. Nesta quinta-feira (26), o goleiro Timo Horn tomou ação semelhante e garantiu que fica na equipe. O contrato foi prorrogado até a metade de 2022.

O arqueiro de 24 anos de idade e 1,92m de altura está no Colônia desde as categorias de base. Passou pela categoria infantil, Sub-17, Sub-19, para o segundo time e foi promovido ao time profissional em 2011. Além disso, também foi convocado para as categorias de base da Seleção da Alemanha, onde conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, em 2016. Com a camisa dos Bodes, na carreira profissional, são 202 jogos disputados pela Bundesliga, 2. Bundesliga, Copa da Alemanha e Uefa Europa League, com 230 gols sofridos.

O diretor-geral do Colônia, Armin Veh, manifestou total contentamento pela postura do goleiro e afirmou que tal atitude é o reconhecimento por todo o espaço permitido para que Horn desenvolvesse seu futebol.

“Timo Horn cresceu no Colônia, deu o salto para o time profissional e se tornou uma figura de liderança no time. Ele vive para este clube e está pronto para continuar no mesmo caminho, juntos. Se o rebaixamento vier a acontecer, nosso objetivo é retornar à elite já no ano seguinte. Estamos muito felizes que Timo, com sua paixão pelo clube, sua ambição e sua qualidade como goleiro tenha se comprometido em assumir um papel ativo em nosso objetivo”, disse.

O atleta também mostrou determinação em permanecer no clube e falou que está decidido a ter o melhor desempenho no lugar que considera como sua casa. “O Colônia é meu clube e minha casa. É por isso que eu sempre disse que posso me imaginar indo juntos nesse caminho se a perspectiva estiver correta. E isso é. Apesar de uma temporada difícil, o Colônia conseguiu criar uma excelente situação para a próxima temporada e tem metas ambiciosas. Isso é muito importante para mim. Eu farei o meu melhor para nos colocar de volta no caminho para o sucesso”, declarou Horn.

O Colônia soma 22 pontos em 31 rodadas e está a oito pontos do Freiburg, equipe que disputaria o playoff caso o campeonato estivesse encerrado. O adversário dos Bodes será justamente o clube da Floresta Negra, às 10h30 do próximo sábado (28), no Schwarzwald-Stadion, pela 32ª rodada da Bundesliga.

VAVEL Logo
CHAT