Elenco modesto, mas futebol gigante: Liverpool da temporada 2017/18
(Foto: Divulgação/Liverpool FC)

Elenco modesto, mas futebol gigante: Liverpool da temporada 2017/18

Apesar da saída de Philippe Coutinho, o time comandado por Jürgen Klopp encanta o mundo com o seu contra-ataque efetivo e chega à final da Liga dos Campeões com um aproveitamento de gols superior ao Real Madrid

EduardoRSF
Eduardo Ramos

O elenco do Liverpool na temporada de 2017/2018 melhorou após a chegada de Mohamed Salah, que era da Roma e custou €42 milhões (R$ 156 milhões) mais €8 milhões de bônus (R$ 29 milhões) aos cofres ingleses.

Além do egípcio, o meio-campista Alex Oxlade-Chamberlain e Van Dikj que custaram, respectivamente, £35 milhões (R$ 142 milhões) e  £75 milhões (R$ 331,5 milhões), também fazem parte das principais contratações que chegaram para reforçar os Reds.

Em contrapartida, Sahko e Lucas Leiva foram vendidos para, respectivamente, Crystal Palace e Lazio e se tornaram baixas do elenco. Porém, Philippe Coutinho foi a principal perda do Liverpool e saiu no meio desta temporada após ser vendido ao Barcelona por  £163 milhões (R$ 633 milhões), tornando-se o segundo jogador mais caro da história atrás de Neymar.

Elenco atual

De acordo com o plantel do site oficial do clube, atualmente, o elenco do Liverpool é modesto e conta com apenas 25 jogadores. No gol, existem quatro opções: Loris Karius, Simon Mignolet, Adam Bogdan e Danny Ward. O setor defensivo é o mais numeroso, com nove jogadores: Clyne, Van Dijk, Lovren, Joe Gomez, Klavan, Alberto Moreno, Robertson, Metip e Alexander-Arnold.

O meio-campo tem apenas 6 jogadores, mas é o setor em que os jogadores mais atuam no time. Wijnaldum, Milner, Henderson, Lallana, Oxlade-Chamberlain e Emre Can são os meio-campistas do Liverpool. Já no ataque, o trio de destaque Roberto Firmino, Mohamed Salah e Sadio Mane; além de Danny Ings, Dominic Solanke e Bem Woodburn. Uma questão interessante dos Reds é ter um elenco jovem, já que os jogadores mais velhos são Ragnar Klavan e James Milner, ambos com 32 anos de idade.​

Foto: Divulgação/Liverpool
Foto: Divulgação/Liverpool

Análise tática

            O Time de Jürgen Klopp joga no esquema 4-3-3, sendo que o time titular é: Karius; Alexander-Arnold, Lovren, Van Dijk e Robertson; Henderson, Chamberlain e Milner; Salah, Mané e Firmino. Com relação ao esquema defensivo, o Liverpool marca com as linhas bem próximas, dificultando a troca de passes do adversário. Além disso, os atacantes, como Salah e Mané, desempenham um papel importante ao voltar para marcar os pontas adversários. Nesse esquema de marcação, o atacante Roberto Firmino é muito importante, pois é um dos jogadores que mais roubam a bola aparecendo de surpresa e vindo de trás.

A formação ofensiva do Liverpool aposta em ligação direta com o ataque ou nas laterais, logo os meias e os laterais são importantes em caso de rebote. Outra jogada muito notada são os cruzamentos dos laterais para o trio de ataque que ficam dentro da área disponíveis para finalizar e marcar o tento. Porém, a principal arma do time finalista da Liga dos Campeões são os contra-ataques rápidos. Portanto, o Liverpool é um time que não tem medo de perder a bola, marca com compactação, gosta de arriscar os lançamentos longos e aproveita os contra-ataques com muita rapidez e eficiência.

Trio de ataque

Com a saída de Phillipe Coutinho para o Barcelona, a tendência era de que o Liverpool teria dificuldades na criação ofensiva e, consequentemente para marcar gols. Porém, o trio de ataque formado por Roberto Firmino, Mané e Salah provaram o contrário e contam com números impressionantes.

Na Liga dos Campeões, o trio conta com 29 gols, sendo Salah e Firmino com 10 gols cada e 9 gols de Mané. Com isso, eles se tornaram o trio de ataque com mais gols na história da competição. Na temporada, o trio já marcou 91 vezes, com destaque para Mohamed Salah que marcou 45 gols. Já Roberto Firmino e Mané marcaram, respectivamente, 27 e 19 tentos.

Foto:Divulgação/Liverpool
Foto:Divulgação/Liverpool

Resultados na Temporada

Com exceção do desempenho na Liga dos Campeões, o qual chegou na final que será disputa no próximo sábado, no Estádio Olímpico de Kiev, às 15h45, o Liverpool não teve bons resultados nos outros campeonatos, apenas na Premier League em que ficou na quarta colocação. Já na Copa da Inglaterra foi muito mal e foi eliminado na quarta fase, após derrota por 3 a 2 para o West Bromwich.

Na Copa da Liga Inglesa, também foi eliminado precocemente, na terceira fase do torneio, depois de perder por 2 a 0 para o Leicester. Com relação aos torneios amistosos, o clube inglês conquistou o troféu Premier League Ásia, após vencer o Leicester por 2 a 1, e perdeu a final da Copa Audi nos pênaltis por 5 a 4 para o Atlético de Madrid. Portanto, o time de Jürgen Klopp tem a missão de cravar o seu futebol gigante contra o Real Madrid para conquistar o seu primeiro título oficial desta temporada que ficou marcada pela saída do craque do time, Philippe Coutinho, e o encanto do ‘faraó’ Mohamed Salah para o futebol mundial.

VAVEL Logo
    CHAT