Esperançosos com tropeço da Alemanha, Suécia e Coreia do Sul estreiam na Rússia
Arte: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil

Esperançosos com tropeço da Alemanha, Suécia e Coreia do Sul estreiam na Rússia

Triunfo mexicano sobre alemães aumenta chances, mas também pressão sobre suecos e sul-coreanos em busca de uma vaga no Grupo E

flavio-mello
Flávio Mello

Fechando o grupo F da Copa do Mundo, Suécia e Coreia do Sul estreiam neste sábado, no Nizhny Novgorod Stadium, em Nizhny Novgorod, às 09h desta segunda-feira (18). Após a derrota da Alemanha para o México, a esperança de classificação aumenta, mas também a responsabilidade para brigar com os rivais com mais chances de avançar à segunda fase.

A equipe sueca retorna ao Mundial depois de ausências em 2010 e 2014, com retorno garantido após vencer nada menos que a tetracampeaã Itália na respescagem das eliminatórias europeias. Já a Coreia do Sul caminha para a sua nona participação consecutiva em Copas, com destaque para a participação em 2002, quando conquistou a quarta posição no mundial em que sediou junto com o Japão.

Na história, as duas seleções se enfrentaram somente três vezes, em amistosos, com dois empates e um triunfo sueco.

Jan Andersson promete postura ofensiva em busca da vitória

A Suécia, do treinador Jan Andersson não foge da necessidade de um triunfo contra os sul-coreanos, principalmente após a seleção mexicana garantir um surpreendente triunfo diante da Alemanha. O técnico aposta na imposição do estilo de jogo da seleção, que foi capaz de deixar de fora a seleção da Itália do mundial

Vamos pressionar a Coreia do Sul e tentar nos impor, pois começar ganhando é fundamental no grupo que estamos, com quatro grandes seleções e apenas duas vagas por disputar”, destacou Andersson.

O trio Emil Forsberg, Toivonen e Berg, foi responsável por 57% dos gols da equipe nas eliminatórias e um bom resultado pode passar pelos pés desses três jogadores. A seleção não parece ter sentido a falta do astro sueco Zlatan Ibrahimovic, o maior jogador da história da seleção anunciou aposentadoria da seleção após ter ficado de fora do mundial de 2014, cedendo a vaga para a seleção de Portugal, em atuação histórica de Cristiano Ronaldo.

O grande destaque técnico da seleção nórdica é Emil Forsberg, meio-campista do RedBull Leipzig, da Alemanha, que já mostrou seu potencial sendo líder de assistências da temporada 2016/2017 da Bundesliga, quando o novato clube alemão conseguiu terminar o certame na segunda posição, desbancando o Borussia Dortmund.

Técnico sul-coreano trabalha para confundir rivais

Mudança de comando tardia e um estilo muito variante de jogar, marca a seleção da Coreia do Sul. Chefiada pelo técnico Shin Tae-Yong, que, curiosamente, tem trocado a numeração dos seus atletas durantes os amistosos para confundir ‘espiões’ suecos, apostando na incapacidade dos europeus de discernir a aparência dos atletas coreanos.

O atual treinador esteve à frente da seleção nos Jogos Olímpicos e fazia parte da comissão do alemão Uli Stielike, que foi demitido após derrota para o Catar por 3 a 2, pelas Eliminatórias Asiáticas.

A esperança de bons resultados passam pelos pés de Son Heung-min, meia-atacante do Tottenham, que teve uma ótima temporada na equipe londrina, marcando 18 gols e dando 11 assistências na última temporada.

VAVEL Logo