Gareth Southgate comemora classificação da Inglaterra, destaca 'heróis' e enaltece equipe
(Foto:Divulgação Federação Inglesa)

Gareth Southgate comemora classificação da Inglaterra, destaca 'heróis' e enaltece equipe

Southgate fez questão de frisar a importância da classificação para as semifinais e de destacar a "surpreendente" dupla decisiva na vitória por 2 a 0 contra a Suécia

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Após 28 anos de hiato, a Inglaterra está de volta às semifinais da Copa do Mundo. A vaga veio com a vitória por 2 a 0 contra a Suécia, em partida realizada em Samara. Em entrevista coletiva, o treinador inglês Gareth Southgate fez questão de comemorar e demonstrar a importância da classificação.

+ Pelo alto, Inglaterra despacha Suécia e volta às semis após 28 anos

Além disso, frisou a importância da dupla que foi decisiva na partida de hoje: o goleiro Jordan Pickford e o zagueiro Harry Maguire, que juntos de seus companheiros conduziram a Inglaterra rumo a uma ótima campanha.  

"É incrível. Poder levar o time tão longe, sabendo o que fizeram no passado, nas Euros também, gente que respeito, me sinto privilegiado. Conversamos com os jogadores, ninguém queria ir pra casa, vamos ficar mais uma semana. Estou orgulhoso de todos. Chegamos aqui por causa do coletivo. Jogamos um jogo forte, com identidade clara. Viemos de um jogo difícil, e fazer o que fizemos hoje, controlar o jogo, foi um sinal forte de um time amadurecendo aos nossos olhos", disse. 

"Pickford é um tipo de protótipo do que um goleiro deve ser. O número de vezes que joga com pé é muito alto. A velocidade dele, as defesas importantes, teve momentos excelentes. E o Maguire, quando vi como estava na temporada, vi que ele poderia jogar muito bem aqui. Não sei se ele sempre acreditou nisso. Há 18 meses, ele já falou que tinha medo de fazer algum erro. E eu falei "que tal ser tão bom quanto você pode ser?" Ele está ganhando confiança com suas atuações, e não tomamos gols graças a ele e hoje ele pode marcar", completou.

Southgate comentou sobre o longo tempo que a Seleção Inglesa ficou sem chegar às semifinais, e sobre a evolução constante que a equipe vem apresentando. 

"Nós somos um time que estamos melhorando. Sabemos onde estamos, temos sucesso porque todos trabalham no campo, estamos aqui porque gente como Cahill, Jones, Welbeck (todos reservas) e outros estão tendo mentalidade pra ajudar o time, treinando muito, mesmo que não joguem tanto como gostariam. São muito parte da razão de estarmos aqui. A união de todos. Passar pelos jogos que tivemos, precisávamos disso. Não temos os maiores jogadores do mundo, mas temos muitos jogadores novos e talentosos e pronto para jogar do melhor jeito. Eles nos mostram uma força mental muito grande. Nos próximos anos vão ser ainda mais fortes. Hoje foi uma grande chance que não queríamos perder", afirmou. 

O treinador elogiou a participação da Suécia na Copa e a qualidade e força dentro de campo que tem os suecos.

"O time é marcante. jogamos contra eles num torneio de base, tiraram a gente, Itália e venceram Portugal. Hoje tem quatro jogadores (daquele grupo). Nas Elimatórias, tiraram a Holanda e Itália, depois a Alemanha. São fortes no coletivo, se ajudam muito, acho que o estilo de jogar muda. Você sabe o que pode tentar fazer, tivemos algumas chances assim, mas é um time muito difícil de enfrentar"

O ex-jogador da seleção e agora treinador falou sobre a "vitória pessoal" que significa para ele chegar a tal ponto. Southgate fez questão de elogiar novamente seu grupo e o quanto seus comandados o deixam orgulhoso.

"É o melhor que tive como técnico. Quando você senta e pensa em quem já chegou aqui, gente que respeito muito, é difícil colocar isso em perspectiva. Só queremos melhorar como time, como jogadores técnico e estafe. Volto ao fato que não é sobre mim, é sobre o grupo. Estar no comando de um grupo desses é muito especial. Os jogadores estão com sua família e eles são parte disso também. Eu espero que todos se sintam parte disso. Não fazemos isso sem a torcida de todos, inclusive de casa. Eu estou muito feliz que eles podem ter sucesso. Eu falei isso pra eles 18 meses atrás, que eles cresceriam muito em casa com isso".

Por fim, o técnico inglês relembrou todo o trabalho feito para chegar até a Copa do Mundo, e o quanto a união de todos os envolvidos foi importante para essa evolução do grupo como um todo. De acordo com ele, as expectativas são as melhores possíveis. 

"Trabalhamos forte, criamos uma identidade de jogo, temos uma mentalidade incrível, uma humildade, um reconhecimento da nossa evolução nos últimos meses. Temos um time cercado por grandes pessoas em todos os departamentos. Realmente ótimas pessoas. Isso é muito importante. Se não tiver as pessoas certas, pode te tirar do campeonato rapidamente. Temos grandes promessas talentosas. Tivemos jogadores que treinaram com a gente e foram embora. Não estaríamos aqui se não fosse uma defesa do Joe Hart (nas eliminatórias). Nada pode ser ignorado. Todos os jogadores reconhecem isso. Se todos continuarem trabalhando assim, com a qualidade que têm, podemos ir longe".

A Inglaterra enfrentará na semifinal o vencedor do duelo entre Rússia e Croácia, que se enfrentam nesse momento em Sochi. A vaga na grande final do Mundial será decidida na próxima quarta-feira (11), em Moscou, às 15 (de Brasília).

VAVEL Logo

    Inglaterra Notícias

    há 7 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 10 dias
    há 11 dias
    há 13 dias
    há 13 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 14 dias