11 contra 11: Inglaterra leva vantagem no comparativo entre titulares contra Croácia

Saiba quem são os melhores jogadores de cada seleção no segundo duelo das semifinais da Copa do Mundo de 2018

11 contra 11: Inglaterra leva vantagem no comparativo entre titulares contra Croácia
Foto: Divulgação/Federação Inglesa

Croácia e Inglaterra disputarão nesta quarta-feira (11), uma vaga na final da Copa do Mundo de 2018. O confronto acontecerá às 15h (do horário de Brasília), no Estádio Lujniki, em Moscou.

Após 20 anos, os croatas chegaram às semifinais. Em 1998, a Croácia havia perdido por 2 a 1 para a anfitriã e campeã, França. Na disputa do 3º lugar, venceu a Holanda e garantiu o melhor desempenho em Copas, até o momento. Do lado inglês, são 28 anos sem chegar a uma semifinal de Copa do Mundo. A última vez foi em 1990, no México, quando perdeu para a Alemanha Ocidental nos pênaltis, por 4 a 3. Vale lembrar que a Inglaterra foi campeã mundial em 1966, quando foi país sede, vencendo por a Alemanha Ocidental por 4 a 2.

O histórico de confrontos entre as seleções é pequeno e equilibrado, com apenas 7 jogos. Os ingleses levam vantagem com quatro vitórias contra duas dos croatas. O duelo terminou empatado em apenas uma ocasião. Logo, os ingleses tentarão manter a vantagem para chegar a final da Copa e tentar o título pela segunda vez. Já a Croácia, tentará chegar a inédita final do maior torneio de futebol.  

VAVEL Brasil preparou uma análise comparativa entre os prováveis titulares na partida de quarta-feira. No resultado geral, a Inglaterra levou a melhor:  a , além de empates técnicos. Lembrando que as equipes utilizam esquemas de jogo diferenciados. Os ingleses jogam no 3-5-2, já os croatas atuam no 4-2-3-1. 

Subasic x Pickford

Empate - Experiência de um lado, juventude do outro. Danijel Subasic aos 33 anos, disputa a sua segunda Copa do Mundo, mas a primeira como titular. Já Jordan Pickford é estreante no Mundial e conquistou a titularidade com apenas 24 anos, depois de Joe Hart não ter sido convocado. Com relação ao desempenho, ambos goleiros tem sido destaque em suas seleções, principalmente com relação às defesas decisivas em cobranças de pênaltis. Portanto, se considerarmos a atuação nos jogos da Copa até o momento, devemos concordar que Subasic e Pickford realizaram defesas incríveis e tiveram a mesma importância para que os seus países chegassem até as semifinais.

Vrsaljko x Walker

Vitória de Walker -  Lateral de origem, Kyle Walker é o terceiro homem do esquema de três zagueiros do técnico inglês Gareth Southgate. Com isso, desempenha um importante papel defensivo, além de sua característica ofensiva desempenhada no Manchester City. Já Sime Vrsaljko, que atua no Atlético de Madrid, vem atuando com mais regularidade e apresenta um estilo de jogo mais consistente.

Lovren x Stones

Vitória de Lovren - O zagueiro croata vive boa fase no Liverpool e realizou bons desempenhos com a Croácia nesta Copa do Mundo. Dejan Lovren já realizou mais de 40 partidas com a seleção. Enquanto Stones é um elemento fundamental na seleção inglesa, porém não é titular absoluto no Manchester City.

Vida x Maguire

Vitória de Maguire - O zagueiro do Leicester é uma das grandes surpresas da Copa, até o momento. Seguro defensivamente e com uma boa pulsão para cabecear no ataque, Harry Maguire vem realizando um excelente torneio e sendo fundamental para a seleção inglesa. Domagoj Vida, o atleta do cabelo inusitado demonstra muita afobação e insegurança na zaga croata.

Strinic x Young

Vitória de Young - Peça fundamental do Manchester United há 7 anos, Ashley Young é um lateral que joga no meio-campo, dedica-se ao esquema tático proposta e completa a linha de 5 dos ingleses. Já o recém contratado do Milan, também vem realizando um bom Mundial. Mas, o fato de ter atuado em menos clubes importantes, faz com que tenha menos experiência para um grande momento como uma Copa do Mundo.

Rakitic x  Henderson

Vitória de Rakitic - O volante do clube catalão é um dos líderes da seleção croata e um dos responsáveis pela grande campanha nesta Copa do Mundo. Além disso, Rakitic está perto de completar 100 jogos com a Croácia. O volante Henderson também vive uma boa fase no Liverpool, mas não tem a mesma importância que o crota. 

Brozovic x Trippier

 Empate - Ambos vivem momentos estáveis em seus clubes, mas não são os grandes nomes das suas seleções. Trippier é veloz e ágil, tem tido boas atuações neste Mundial. Além disso, desempenhou uma excelente temporada no Tottenham. O croata Brozovic tem atuado bem e realizou uma temporada digna na Inter de Milão. 

Perisic x Delle Ali

Vitória de Delle Ali - O meia do Tottenham de apenas 22 anos realizou a melhor temporada e já é titular da Inglaterra. Velocidade, agilidade, eficiência e ousadia são características do jovem inglês, que é uma das grandes promessas do futebol mundial. Com relação à Perisic, que atua na Inter de Milão, é importante no esquema tático croata.

Modric x Sterling

Vitória de Modric - Com mais de 100 jogos pela seleção croata e atual tricampeão da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, Luka Modric é um dos maiores jogadores do futebol atual. Segundo o Footstats, o croata deu 12 assistências para finalização e 297 passes corretos, com 92,1% de aproveitamento. Além disso, o craque marcou dois gols na Copa do Mundo, sendo o melhor jogador da Croácia. Já Sterling também é um importante jogador para a seleção inglesa, mas o camisa 10 esbarra na pouca eficiência neste Mundial. 

Rebic x Lingard

Vitória de Lingard - O atacante do Manchester United é habilidoso e tem uma visão de jogo muito boa. Além disso, Lingard agrega muito ao setor ofensivo e realizou um dos gols mais belos da Copa de 2018. O atacante croata, que atua Eintracht Frankfurt é apenas um complemento da seleção croata e não agrega muito, apesar de ter realizado uma grande partida contra a Argentina.

Mandzukic x Harry Kane

Vitória de Harry Kane - Um dos maiores artilheiros da temporada 2017/2018, Harry Kane marcou 41 gols com a camisa do Tottenham, que terminou a Premier League na terceira colocação. Já Mario Mandzukic marcou apenas 10 gols na Juventus. Em duelo comparativo na Copa do Mundo, o inglês leva vantagem novamente. Com seis gols, o camisa 9 é o artilheiro do Mundial da Rússia e tem uma média excelente de finalizações certas. Já o atacante croata marcou apenas um gol, mas é uma importante para a equipe comandada do Zlatko Dalic.