De virada, Milan vence Olympiacos e se mantém 100% de aproveitamento na Europa League 
Reprodução: site oficial

De virada, Milan vence Olympiacos e se mantém 100% de aproveitamento na Europa League 

Equipe leva susto na primeira etapa, mas consegue importante triunfo com gols dos atacantes Cutrone e Higuaín

jandir
Jandir RochaGuimarães

Com dois gols de Cutrone e um de Higuain, o Milan bateu o Olympiacos por 3 a 1 nessa quinta-feira (4), no estádio San Siro, em partida válida pela segunda rodada da Europa League. O gol de honra foi marcado por Guerrero.

O resultado faz o time italiano liderar o grupo F com seis pontos, o Betis tem quatro pontos, Olympiacos apenas um e o Dudelange está zerado.

O primeiro tempo começou com o Milan comandando as ações ofensivas, com uma posse de bola envolvente que até resultou num gol, mas a arbitragem assinalou corretamente impedimento do ataque rossonero.

Aos poucos, o time do Olympiacos começou a se encontrar em campo, também com posse de bola ditado por Yaya Touré que basicamente ordenava todo o meio de campo dos gregos. E o gol dos visitantes não demorou a sair, após boa trama pela esquerda, a bola chegou a Guerrero que antecipou Zapata e cabeceou para as redes.

A reação do Diavolo demorou a acontecer e nesse meio-tempo, os gregos ‘cozinhavam’ o jogo, tocando bola calmamente, já que o Milan também colaborava não fazendo a famosa pressão alta no campo ofensivo.

Na parte final, a equipe italiana conseguiu se encontrar e criou algumas chances interessantes para empatar. A primeira foi com Higuain que recebeu passe em profundidade, entrou na área e chutou cruzado, mas José Sá defendeu. Depois, Suso fez ótimo cruzamento, mas Castillejo chegou atrasado e não conseguiu desviar a bola para dentro do gol.

No segundo tempo, Gattuso deixou a sua equipe mais ofensiva, colocando Cutrone e Çalhanoglu em campo, mas o Diavolo demorou a metabolizar o novo esquema e o Olympiacos se sentia a vontade em campo para trocar passes e cadenciar a partida. Entretanto, o Milan não se deu por vencido e foi recompensando quando Ricardo Rodriguez executou um lindo cruzamento e encontrou Cutrone sozinho na área, o jovem atacante cabeceou e empatou a partida.

Em seguida, Higuain quase virou o marcador em passe de Suso na área, mas a defesa conseguiu afastar. Não demorou muito e o centroavante argentino colocou o Diavolo na frente do placar após receber na área, passar por um marcador e chutar forte para o fundo das redes.

A vantagem no placar não deixou a equipe italiana satisfeita que continuou atacando e conseguiu o terceiro gol após bela trama entre Suso e Çalhanoglu, o turco cruzou rasteiro e encontrou Cutrone que livre na pequena área, só teve o trabalho de empurrar para o gol.

No final, o camisa 10 do Milan teve a chance de fazer o dele, mas a bola bateu caprichosamente na trave e assim terminou a partida em San Siro.

VAVEL Logo