Colômbia pressiona, mas para na defesa da Venezuela
Foto: Divulgação/Copa América

Em jogo válido pela segunda rodada do Grupo A da Copa América, Colômbia e Venezuela não saíram do zero, nesta quinta-feira (17), no Estádio Olímpico, em Goiânia. Apesar do resultado, a partida teve um grande destaque, que foi o goleiro Faríñes, da Seleção Venezuelana.

Assim como na partida diante do Brasil, quando foi derrotado por 3 a 0, a Venezuela contou com diversos desfalques por conta da Covid-19. A proposta da Seleção Venezuela era de se defender e deu certo!

Como os técnicos armaram suas equipes?

O técnico José Peseiro armou a deus equipe em um 5-4-1, deixando só o centroavante Aristeguieta à frente, e com isso dificultava as investidas da Seleção Colombiana na criação de jogadas.

Por outro lado, Reinaldo Rueda armou a Colômbia no esquema 4-4-2 com Muriel e Zapata dividindo o comando da marcação. A Seleção Colombiana sofreu muito para sair da marcação fechada e da linha de cinco da Venezuela.

Colômbia pressiona e para em Faríñes

As duas melhores chances na primeira etapa foram da Colômbia. Logo aos dois minutos, Davinson Sáchez quase fez Moreno marcar contra. Já aos 23, Faríñes fez uma belíssima defesa no chute de Cardona, e ainda foi acionado em mais duas oportunidades.

Venezuela se segura

O segundo tempo começou da mesma forma, com a Colômbia pressionando e desperdiçando as chances que tinha. A equipe de Reinaldo Rueda encontrava grande dificuldade para criar jogadas, tanto que a melhor chance foi em uma cabeçada de Uribe.

O goleiro Faríñes ainda foi exigido por mais algumas vezes, e sempre muito atento conseguiu fazer a defesa e segurar o empate.

Final tensa e Luis Dias acaba expulso

Mas a partida nos minutos finais se tornou mais tensa, com os venezuelanos segurando o jogo, enquanto os colombianos queriam apressar para buscar o gol da vitória. Já no finalzinho da partida, os nervos culminaram na expulsão de Luis Dias, mas o placar não saiu do zero.

E agora?

Com quatro pontos, a Colômbia está sem segundo no grupo A, enquanto a Venezuela, com um ponto, é a terceira.

Na próxima rodada, a Venezuela enfrentará o Equador, no domingo (20), às 18h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, mas às 21h, a Colômbia joga contra o Peru, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia.

 

VAVEL Logo