Mesmo com insatisfação, Brasil abre Copa América diante da Venezuela
Foto: Divulgação/CBF

Neste domingo (13), o Brasil recebe a Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília, às 18h (de Brasília), em jogo válido pela estreia da Copa América 2021. Atual campeão, a Seleção Brasileira vai em busca do décimo título continental.

Apesar da instisfação, a busca é pelo décimo titulo

Por mais que não estejam 100% satisfeitos com a Copa América ser disputada no Brasil, os jogadores da Seleção Brasileira optaram em jogar a competição e não fazer qualquer tipo de boicote. 

Após vencer o Paraguai pelas Eliminatórias, os jogadores foram liberados e se reapresentaram na última sexta-feira (11). O Brasil deve ter três alterações em relação ao time que entrou em campo na terça-feira. O goleiro Alisson, o lateral-esquerdo Renan Lodi e o meio-campista Fred devem começar entre os 11, enquanto Éderson, Alex Sandro e Firmino devem ir para o banco.

Provável escalação da Seleção Brasileira: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Richarlison, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Venezuela chega com problemas

Diferente do adversário deste domingo, a Venezuela chega para a partida cheia de problemas. Após o desembarque em Brasília, a delegação da Vinotinto passou por testes de Covid-19, onde 12 pessoas entre elas jogadores e membros da comissão técnica testaram positivo para a doença.

Apesar da boa campanha na Copa América de 2019, quando conseguiu ficar em segundo lugar no grupo do Brasil, a Venezuela não passa por bom momento. A seleção venezuelana é a penúltima colocada nas Eliminatórias, com apenas quatro pontos em seis rodadas. E tem em seu grupo nomes conhecidos no futebol brasileiro, como Otero, Soteldo e Savarino

Provável escalação da Venezuela: Joel Graterol; Ronald Hernández, Nahuel Ferraresi, Luis Del Pino Mago e Alexander González; Junior Moreno, Cristian Cásseres, José Andrés Martínez e Jefferson Savarino; Richard Celis e Fernando Aristeguieta. Técnico: José Peseiro.

Jogadores contra a Copa América no Brasil

Em uma rara manifestação após a partida diante do Paraguai, os jogadores do Brasil divulgaram em conjunto em suas redes sociais um manifesto onde expressam o descontentamento com a realização da Copa América no Brasil. No entanto, o texto não menciona a crise de Covid-19.

“Quando nasce um brasileiro nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos essa carta para expor nossa opinião quanto a realização da Copa América. Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil. Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização.

É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia e estamos presentes nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros. Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde e amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira."

VAVEL Logo