Feliz no Japão, promessa ex-Fluminense, Ramon não descarta volta ao Brasil: "Pretendo sim"
Foto: Divulgação Ryukyu-JAP

Jogador do modesto Ryukyu/JAP, Ramon (23) mesmo de longe, segue acompanhando o Fluminense. Cria de Xerém, o atacante que é primo de Marcelo, lateral esquerdo do Real Madrid e uma das principais revelações do Tricolor, abre o jogo sobre seu momento no futebol asiático e comenta sobre sua possível volta ao Brasil.

Campeão Sul-Americano com a seleção brasileira sub-17, em 2015, Ramon despontava no Fluminense como uma das grandes revelações de Xerém. Integrado ao elenco profissional em 2018, também defendeu o CSA-AL um ano mais tarde, antes de ir para o Japão, onde está até hoje.

 

Futebol japonês

Contratado pelo Ryukyu em 2019, Ramon está em sua segunda passagem pelo time da J2 League. Na última temporada esteve ligado ao Gainare Tottori, mas neste ano retornou de seu empréstimo para o Ryukyu.

Para o jogador, estar no Japão é estar em casa. "Eu quis vivênciar algo diferente e está sendo muito bom pra mim, estou gostando muito. É tudo diferente, mas tá sendo legal.  Futebol aqui é muito mais corrido, intenso, eles são muito obedientes taticamente, sem contar que eles são muito trabalhadores, esse é o diferencial, tem jogador japonês que se deixar, treina umas 3 ou ate 4 hrs direto."

Fluminense

Sem esconder seu carinho pelo clube de origem, Ramon revela que segue acompanhando o Fluminense. "Fluminense está fazendo uma boa campanha nesse ano, e eu tenho certeza que iram se classificar de novo pra libertadores."

Cogitado para uma possível volta ao Brasil, Ramon revela que tem esse desejo para o futuro. "Pretendo sim, não descarto essa possibilidade, mas queria atuar mais um pouco no futebol asiático. Deixo nas mãos do meu pai e dos meus empresários, pois no final o ano estou livre, então não irei me precipitar", finaliza.

VAVEL Logo