Murat Yakin defende escolhas após goleada para Portugal: "Não foi uma mudança tão grande"
Foto: Divulgação / Fifa

A Suíça sofreu uma goleada impiedosa para Portugal por 6 a 1 nesta terça-feira (6) e está eliminada da Copa do Mundo. O time suíço entrou irreconhecível no jogo e não segurou a força portuguesa, tomando dois gols no primeiro tempo e quatro no segundo. Este foi o placar mais elástico sofrido pela seleção na história dos mundiais.

Após o vexame, o técnico  Murat Yakin rebateu as críticas por causa das mudanças na escalação inicial, vindo até do atacante Shaqiri, que declarou ter sido surpreendido pela as escolhas do seu comandante. Ele falou que os jogadores já sabiam desse esquema tático, que já havia sido utilizado em um amistoso preparatório.

"A equipe conhecia esse sistema, tendo praticado em um amistoso. Então, estavam atentos. Achamos que poderíamos atuar de acordo com esse plano de jogo. Não é uma questão de sistema, não foi uma mudança tão grande. Em certas fases da partida, também estávamos em linha de quatro. A seleção conhecia esse sistema, praticaram em um amistoso, estavam cientes disso", apontou o treinador.

O comandante suíço preferiu amenizar a derrota e pediu que a equipe contorne essa situação. Yakin ainda falou que foram derrotados por um time melhor e que já pensa nas próximas competições, principalmente a Nations League. 

"Acabamos de perder um jogo, sem ser tão ruim. Temos um bom espírito de equipe e só temos de aceitar que hoje o adversário foi melhor que nós, mais fresco. Temos de tentar virar a página e continuar a olhar para o futuro. Queríamos fazer história, deixar os suíços felizes, ter orgulho de nós. Estamos apenas tristes esta noite", completou Murat Yakin.

VAVEL Logo