Mario Götze deixa Bayern de Munique e confirma retorno ao Borussia Dortmund após três anos

Meia-atacante deixou equipe aurinegra às vésperas da decisão da Uefa Champions League, disputada justamente contra os bávaros; contrato foi assinado por quatro temporadas

Mario Götze deixa Bayern de Munique e confirma retorno ao Borussia Dortmund após três anos
(Foto: Divulgação/Borussia Dortmund)

Os rumores se confirmaram e Mario Götze retorna ao lugar onde se destacou. Na manhã desta quinta-feira (21), o jogador deixa o Bayern de Munique e retorna ao Borussia Dortmund. O site oficial da equipe aurinegra não confirmou valores, mas informações dão conta de que a negociação girou em torno de 28 milhões de euros. O vínculo contratual será assinado até 30 de junho de 2020, após realização de exames médicos.

A relação entre o jogador e o clube é cercada de polêmica. Götze deixou o Dortmund às vésperas da final da Uefa Champions League 2013, disputada contra o Bayern de Munique, e a numerosa e exigente torcida aurinegra não perdoou o atleta, principalmente por chamá-lo de "Judas" em determinadas ocasiões, mais precisamente nos confrontos entre os dois escretes.

As estatísticas de Mario Götze são muito boas. Na Bundesliga, são 44 gols marcados em 156 partidas disputadas. Na Uefa Champions League, mais 11 tentos. Além dos números com as duas equipes nas competições nacionais e continentais, o jogador é conhecido mundialmente por marcar o gol do tetracampeonato mundial da Seleção da Alemanha na Copa do Mundo 2014, além de disputar a Eurocopa 2016.

O CEO do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, mostrou satisfação por contar novamente com o atleta no elenco. "Pessoalmente, estou muito satisfeito que Mario Götze decidiu pelo Borussia Dortmund. Eu tenho isso desde a sua partida em 2013, sempre esperei que ele um dia voltasse para nós. Meus agradecimentos ao Karl-Heinz Rummenigge, porque negociamos com o Bayern de Munique em três oportunidades nesta janela de transferências. Todas as nossas conversas foram marcadas por um grande profissionalismo e confiança mútua", disse.

O próprio jogador também comentou o que espera de seu retorno ao clube oito vezes campeão nacional. "Quando eu mudei do Borussia Dortmund para o Bayern de Munique em 2013, foi uma decisão consciente e, ao olhar para trás, não me arrependo. Três anos mais tarde e com 24 anos de idade, eu vejo com olhos diferentes sobre minha decisão anterior. Posso entender muito bem que alguns torcedores não entenderam minha decisão. Quando eu voltar para casa, eu quero tentar convencer todas as pessoas pelo meu desempenho. O meu objetivo é voltar a jogar o meu melhor futebol. Para todos nós, o clube e a torcida", afirmou Götze.