Presidente do Napoli rasga elogios ao treinador Maurizio Sarri: "Não o trocaria nem por Guardiola"

Aurelio De Laurentiis demonstrou grande respeito e confiança no trabalho do comandante napolitano; equipe lidera a Serie A 2017/18

Presidente do Napoli rasga elogios ao treinador Maurizio Sarri: "Não o trocaria nem por Guardiola"
Presidente do Napoli rasga elogios ao treinador Maurizio Sarri: "Não o trocaria nem por Guardiola"

O clima não poderia estar melhor nos bastidores do líder da Serie A 2017/18. Com sete vitórias em sete partidas, o Napoli vem encantando com seu ofensivo e vistoso futebol e desponta como o principal favorito à encerrar a supremacia da Juventus na Itália.

Em entrevista concedida ao jornal Gazzetta dello Sport, o presidente do clube napolitano, Aurelio De Laurentiis, rasgou elogios ao seu treinador. Para o mandatário, Sarri é um estudioso do futebol e excelente estrategista.

"Sarri é um profissional sério, que estuda seus jogadores por meses antes de colocá-los em campo. Por este motivo, optamos por não revolucionar o elenco neste verão. Ele é uma personalidade chave para o Napoli, estuda futebol e coloca em prática o que aprende", afirmou.

+ Destaque do Napoli, Insigne revela que quase desistiu do futebol por ser muito baixo

Pela Uefa Champions League, os Partenopei terão pela frente um grande desafio: o Manchester City, de Pep Guardiola. Perguntado sobre o treinador espanhol, De Laurentiis foi categórico: "Hoje, eu não trocaria Maurizio Sarri nem por Pep Guardiola. Sarri é extraordinário, é um jovem treinador maduro pois, apesar da idade, está sempre aberto para inovações", elogiou.

Na sétima rodada da Serie A, o Napoli conseguiu abrir dois pontos de vantagem para a Juventus, após tropeço da Vecchia Signora ante à Atalanta. Depois da partida, o treinador juventino Massimiliano Allegri deu entrevista afirmando que 'vencer é mais difícil que jogar bonito'. A declaração não caiu bem para o mandatário napolitano.

"Todos tentam empurrar seu próprio expediente. Eu te digo que nós jogamos bonito e vencemos. Acredito que Gonzalo Higuaín deve sentir falta de Sarri. Nosso treinador é um cavalheiro, portanto não quer entrar em brigas, ao contrário de mim", concluiu.