Napoli encerra novela e renova contrato do lateral Ghoulam

Jogador poderia assinar pré-acordo com qualquer outro time em janeiro, mas clube napolitano o garantiu por mais cinco anos

Napoli encerra novela e renova contrato do lateral Ghoulam
Ghoulam está lesionado e voltará à altiva apenas em 2018 (Foto: Francesco Pecoraro/Getty Images)

O Napoli pôs fim às especulações e anunciou, nesta terça-feira (5), no Twitter, a renovação contratual do lateral-esquerdo Faouzi Ghoulam. Um dos destaques do sistema defensivo da equipe, o franco-argelino, de 26 anos, ampliou sem vínculo com os napolitanos por cinco temporadas.

"Orgulhoso e feliz por fazer parte deste grande projeto, por representar esta bela cidade e suas cores. Orgulhoso de ser napolitano", celebrou o camisa 31, em sua conta oficial no Twitter.

O antigo contrato de Ghoulam com o Napoli encerraria em junho de 2018. Com isso, o atleta poderia assinar um pré-acordo com qualquer outro time, em janeiro, e deixar os italianos ao fim da atual temporada. O jornal Gazzetta dello Sport relatou, nesta terça, que o contrato não foi assinado anteriormente devido à grave lesão que o defensor sofreu, no início de novembro, na partida contra o Manchester City, em Nápoles, pela Uefa Champions League.

Os valores da negociação não foram divulgados pelo Napoli, mas a imprensa italiana acredita que o salário de Ghoulam aumentará para € 3,5 milhões (R$ 13 milhões) anuais. Além disso, ainda segundo com os meios de comunicação do Belpaese, a diretoria napolitana colocou uma cláusula de venda no valor de € 35 milhões (R$ 133 milhões) – válida para clubes estrangeiros – no novo contrato do lateral.

Após passar por cirurgia devido à ruptura do ligamento cruzado anterior no joelho direito, Ghoulam voltará à ativa em 2018. Outrora criticado por deficiências defensivas, o atleta atravessava grande fase quando sofreu a lesão.

O jogador é vital no esquema do técnico Maurizio Sarri, sendo uma válvula de escape pela esquerda, apoiando o meio-campista Marek Hamsík e o meia-atacante Lorenzo Insigne. Ele também dava solidez à saída de bola da equipe, uma dos virtudes do atual Napoli.

Contratado junto ao Saint-Étienne em 2014, o camisa 31 não conseguiu firmar seu futebol no início, quando o clube do Sul da Itália ainda era dirigido pelo espanhol Rafa Benítez. Com o tempo, porém,  Ghoulam ganhou a confiança da torcida, e, mesmo criticado em alguns momentos, chegou ao seu auge sob o comando de Sarri. Pelo time napolitano, o atleta contabiliza 153 jogos, dois gols e 25 assistências.