No apagar das luzes, Internacional faz 2 a 0 no Rio Branco e elimina jogo de volta

Em sua estreia na Copa do Brasil 2013, o Internacional foi ao Acre para enfrentar o Rio Branco, na noite desta quarta-feira (3), na Arena da Floresta e venceu com dificuldade o time da casa por 2 a 0, com gols de Caio e Forlán. Com este resultado, o time de Dunga eliminou o Rio Branco, evitando o segundo confronto da primeira fase.

A partida iniciou com um Inter bem ofensivo, logo nos primeiros segundos, Forlán recebeu lançamento e chutou de primeira, para defesa de Douglas. No lance seguinte, em cobrança de falta, Forlán levantou na área, mas Roby afastou. Aos poucos, o Rio Branco conseguiu ir fechando os espaços. Aos 10, Testinha cobrou falta fechada e Muriel saiu de soco para afastar a bola. Três minutos depois, após cobrança de falta, o Inter ganhou escanteio. Forlán cobrou curto para D'Alessandro, que chutou forte. A bola passou muito perto do gol de Douglas. Com um adversário fechado e defensivo, o Colorado trabalhava suas chances em cobranças de faltas e escanteios.

A qualidade da partida começou a decair aos 22 minutos, quando, em uma dividida entre D’Alessandro e Testinha, o meia argentino aceitou a provocação do adversário e revidou Na sequência, o meia do Rio Branco agrediu D’Ale, que caiu ao chão. O árbitro, após separar toda a confusão, não hesitou em expulsar ambos os jogadores.

O time da casa começou a reagir, aos 27 minutos, Ley recebeu passe na entrada da área e chutou forte. A bola passou por cima da goleira. Aos 36 minutos, Forlán arriscou da intermediária e a defesa afastou para escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para o uruguaio que soltou a bomba por cima do gol. No minuto seguinte, Roby arriscou da intermediária, a bola desviou na zaga colorada e confundiu Muriel. O goleiro se lançou no canto, evitando o gol do Rio Branco. Com poucas jogadas durante a primeira etapa, o Inter se aproveitava dos lances de bola parada. Aos 41 minutos, Forlán cobrou falta direta da intermediária, mas a bola saiu pra cima. Na saída para o intervalo, o volante Aírton reclamou com o excesso de faltas que o time da casa fez em cima do time colorado.

Na etapa complementar, o jogo se manteve truncado com os jogadores colorados errando muito, sem conseguir criar jogadas. Aos 15 minutos, Araújo arriscou da intermediária. A bola rebateu em Aírton e ficou com Muriel. Na sequência, Rafael Moura recebeu cruzamento, ajeitou para Josimar que mandou uma bomba por cima da goleira. Aos 19, Forlán cobra falta na intermediária, a bola desviou em Juan e sobrou para Caio que mandou para o fundo das redes: Inter 1 a 0.

Com o gol, o time colorado começou a se animar e buscava o segundo gol para eliminar o jogo da volta. Aos 23 minutos, Caio recebeu de Forlán, cortou para o meio e chutou colocado, mas a bola acertou a rede pelo lado de fora. Aos 32, Em cobrança de falta na meia esquerda, Forlán mandou direto tirando tinta do travessão. Três minutos mais tarde, Forlán puxou da esquerda para o meio e mandou a bomba por cima da goleira. Aos 41, Brás arriscou da esquerda, a bola desviou em Juan e parou nas mãos de Muriel. Na sequência, Caio recebeu sobra na área e chutou de primeira para defesa espetacular de Douglas.

Quando o jogo estava se encaminhando para o final, Caio foi lançado na área, foi derrubado pelo goleiro do Rio Branco e o árbitro marcou pênalti. Forlán converteu a penalidade no canto direito e classificou o Inter para a próxima fase da competição.

Agora, o Inter aguarda o adversário da etapa seguinte, que sai do confronto entre Santa Cruz e Guarani de Juazeiro. No domingo (7), às 16h, a equipe volta a campo para enfrentar o Veranópolis, em partida válida pela Taça Farroupilha.

VAVEL Logo