Flamengo-PI surpreende e consegue empate com Santos

O Santos foi à Teresina na noite desta quarta-feira (10), para enfrentar o Flamengo-PI pela primeira rodada da Copa do Brasil. E o que parecia ser fácil, no final se tornou um pesadelo ao time da baixada, que saiu na frente do placar e cedeu o empate ao time da casa na etapa complementar da partida termina em 2 x 2.

Com a ausência do técnico Muricy Ramalho, que está se recuperando de uma diverticulite, o time alvinegro foi a campo com o treinador Tata. Os olhos estavam todos voltados ao jovem craque Neymar, mas foi o veterano Edson Di quem teve todos os olhares voltados para si, quando marcou os dois gols do time da casa.

No primeiro tempo, Neymar e Montillo sofreram fortíssimas marcações, o que dificultava na criação de boas jogadas. Mesmo assim, a maior posse de bola pertencia ao Santos. A primeira grande chance saiu dos pés de Neymar que, com categoria, tocou para Giva que por sua vez driblou o goleiro e mandou pro fundo das redes, abrindo o placar para o time alvinegro. Quatro minutos depois, o camisa 11 subiu pela esquerda e cruzou na medida para Montillo subir e cabecear, ampliando o placar para o time visitante.

A partida lembrava muito àquelas da conquista da Copa do Brasil em 2010, quando o alvinegro praiano vencia por goleadas, embaladas pelo sucesso dos “Meninos da Vila”. Entretanto, Neymar começou a sumir cada vez mais na partida e três minutos após o segundo gol, Lúcio Bala foi lançado na direita, invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Rafael, marcando pênalti para a equipe da casa. Na conclusão, Edson Di chutou no alto, sem chances para defesa, descontando para o Flamengo-PI.

Antes do fim da primeira etapa, Giva entrou na área e bateu para o gol, mas a bola foi amortecida pela marcação e o goleiro Robson defendeu.

Os donos da casa não desanimaram e voltaram com força maior ao segundo tempo. Por outro lado, a equipe santista voltou a campo descoordenada e errando muitos passes. Logo aos dez minutos, Edson Di cobrou falta um pouco a frente da área, mandando a bola com precisão ao ângulo direito de Rafael, empatando a partida.

O Santos começou a depender muito de Neymar para virar o jogo, mas o craque santista não encontrava espaços para penetrar na área e finalizar. Aos 23 minutos, Montillo foi acionado na direita e cruzou rasteiro para Neymar que, de dentro da área, mandou muito longe do gol. A partida começou a esquentar com demasiado número de faltas, resultando em cartões amarelos.

O alvinegro praiano marcou o terceiro gol aos 31 minutos, mas o árbitro Pablo Ramon anulou, alegando toque de mão de Neymar no início da jogada. O Flamengo-PI não parou. Aos 34, Bruno Potiguar girou sobre a marcação de Léo e mandou por cima da goleira. Na sequência, Rafael invadiu a área e arriscou o chute. E o goleiro do Peixe espalmou para escanteio.

A partida estava encaminhando para seus momentos finais quando, em cobrança de falta, Montillo manda na cabeça de Neymar que conclui para o gol, que foi anulado pelo árbitro alegando impedimento do camisa 11.

Com esse resultado, o Santos terá vantagem no partida de volta que acontecerá na próxima quarta-feira (17), às 22h, na Vila Belmiro. A equipe da baixada joga pelo empate de 1 a 1.

VAVEL Logo