Santos Futebol Clube
Santos Futebol Clube
Team
Soccer

Santos Futebol Clube

1912 Santos, São Paulo


O Santos Futebol Clube foi fundado no dia 14 de abril de 1912. Suas cores iniciais seriam azul, branco e dourado, mas, no ano seguinte, ficou determinado que o clube passaria a ser alvinegro. 

Os primeiros títulos paulistas vieram em 1935 e 1955, respectivamente. Um ano após a segunda conquista, o jovem Edson Arantes do Nascimento, popularmente conhecido como Pelé, passou a fazer parte da equipe, trazido por Waldemar de Brito, ex-técnico de futebol. Começava ali a trajetória do maior ídolo da história do clube. Três anos após a chegada, veio a primeira conquista: o Campeonato Paulista de 1958. Após isso, ao lado de Pepe, Coutinho e Dorval, Pelé compôs o ataque mais poderoso da história do Santos, com destaque para as duas conquistas da Copa Intercontinental e da Copa Libertadores da América, nos anos de 1962 e 1963, e também de cinco Campeonatos Brasileiros conquistados consecutivamente de 1961 a 1965. Logo, a década de 1960 é considerada a mais vitoriosa do Santos. No total, foram 23 títulos oficiais conquistados nessa época.

Na mesma década, no ano de 1969, o Santos ficou famoso por ter sido o time que parou a guerra, fato que ocorreu graças a uma excursão do clube no continente africano, em que o time paralisou os conflitos entre República do Congo e República Democrática do Congo e também a Guerra de Biafra, na Nigéria, para que as pessoas pudessem ver o Santos jogar.

Depois da saída de Pelé, em 1978, o Santos formou um time que era chamado de "Meninos da Vila", devido a juventude dos atletas da equipe. Os destaques desse time eram Juary, Pita, Aílton Lira e João Paulo. Com eles, o Peixe conquistou o Campeonato Paulista daquela temporada. Após isso, a equipe alvinegra só voltou ao cenário de destaque em 1983, quando decidiu o Campeonato Brasileiro contra o Flamengo e ficou com o vice-campeonato, e no ano seguinte, conquistando o Campeonato Paulista com o destaque para o centroavante Serginho Chulapa. O clube passou mais de uma década sem ter destaques, voltando a fazer uma boa campanha em 1995, que terminou com o vice-campeonato do Brasileirão. Dois anos mais tarde, veio a quinta conquista do Torneio Rio-São Paulo. Em 1998, o Peixe levantou a taça da Copa Conmebol, voltando a ter uma conquista internacional em sua história.

Em 2002, quando completou 90 anos, o Santos voltou a conquistar o Campeonato Brasileiro, com uma geração que também foi intitulada "Meninos da Vila", com destaque para Diego, Elano e Robinho. O técnico responsável pelo título foi Emerson Leão. No ano seguinte, com a base mantida, o Peixe chegou aos vice-campeonatos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Em 2004, ainda com os ídolos Robinho, Elano e Léo, e tendo no banco o experiente técnico Vanderlei Luxemburgo, o Santos voltou a ser campeão brasileiro, desta vez no sistema de pontos corridos. Em 2006 e 2007, o time conquistou o bicampeonato paulista.

Dois anos depois, surgiam na equipe principal os jovens Paulo Henrique Ganso e Neymar.

Já em 2010, comandada por Dorival Júnior, com o retorno de Robinho, presença marcante de Arouca, Wesley, e um ataque arrasador comandado por Ganso, Neymar, Robinho e André, o time conquistou o Campeonato Paulista e a primeira Copa do Brasil do clube, com um futebol arrasador e seguidas goleadas, nessa que ficaria conhecido como a terceira geração dos "Meninos da Vila". Depois de 48 anos, o Santos voltou a ser campeão da Libertadores, desta vez em 2011 após superar o Penãrol na final, conseguindo assim, o tricampeonato do clube na competição continental. Antes dessa conquista, o Santos ainda seria campeão paulista. Com a conquista da América, o Santos se credenciou a disputar o Mundial de Clubes, no Japão. Contudo, o time não conseguiu segurar a grande equipe do Barcelona na final e ficou com o vice.

Em 2012, veio o vigésimo Campeonato Paulista do clube e a primeira Recopa Sul-Americana. Depois de dois vices em 2013 e 2014, o Alvinegro chegou a mais uma final no estadual, a sétima consecutiva, e conquistou o Campeonato Paulista de 2015 após superar o Palmeiras nos pênaltis, o ano de 2015 terminou com o vice-campeonato da Copa do Brasil e o sétimo lugar no Campeonato Brasileiro. Em 2016, o Santos chegou no seu vigésimo segundo título paulista, após chegar na sua oitava final seguida no campeonato. No Campeonato Brasileiro, ficou com o vice-campeonato, melhor colocação do clube desde a edição de 2007. No ano passado, sob comando de Jorge Sampaoli, o Peixe voltou a terminar o Brasileirão na segunda colocação.

//