Bahia surpreende e bate Internacional

Internacional e Bahia se enfrentaram na noite fria deste domingo (02), em duas situações completamente extremas: enquanto o time visitante procurava sua primeira vitória na competição, os donos da casa procuravam chegar à liderança. E, diferente do esperado, quem levou a melhor foi o time baiano, que surpreendeu o Colorado e venceu pelo placar de 2 a 1.

O técnico Dunga continuou com problemas para a escalação. O treinador não pode contar com os atacantes Leandro Damião, que está a serviço da seleção brasileira e Caio, que se recupera de cirurgia no pé esquerdo. Dátolo segue fazendo recondicionamento físico e também não fica à disposição do time. E o meia Willians, baixa de última hora,  foi afastado por conta de uma amigdalite.

Cristóvão Borges também enfrenta problema ao ficar sem seus dois principais jogadores. O atacante Souza já retomou as atividades, mas não está em condições físicas para jogar. Obina, também afastado por lesão, segue em tratamento.

O jogo começou muito ruim para o time gaúcho. O adversário marcava muito e não deixava espaços para atacar. Porém, o Colorado conseguiu finalizar aos cinco minutos com um cabeceio de Rafael Moura, que foi para fora. Em seguida, Marquinhos assustou, mandando uma bomba que passou bem perto da trave colorada. Fred também desperdiçou chance ao certar uma bola no travessão.

E como diz o ditado: quem não faz, toma. O Bahia abriu o placar após uma falha da defesa. Ryder arriscou de longe e acertou um golaço no ângulo. Após o gol, os jogadores colorados entraram no ritmo, mesmo assim, o time baiano assustava com seus contra-ataques. Aos 25 minutos, Rafael Moura quase empatou, mas a bola novamente passou raspando a trave esquerda.

Os donos da casa continuaram na tentativa do empate, mas faltava técnica para a conclusão do gol. Enquanto isso, o Tricolor se aproveitava das falhas do adversário para sair no contra-ataque.

Na volta pro segundo tempo, o Internacional pareceu ter acordado. A busca pelo empate estava cada vez mais nítida, porém o time baiano contava com um goleiro atento e inspirado. Logo no início da etapa complementar, Marcelo Lomba saiu muito bem nos pés de D’Alessandro, evitando que o capitão finalizasse.

E mais uma vez se sobressaiu o ditado. Aos 16 minutos, Fernandão pegou sobra de escanteio, limpou o marcador e encheu o pé para ampliar o placar para o Bahia. Três minutos depois, Forlán recebeu lançamento de D’Alessandro e bateu diminuído para o Inter e ascendendo a esperança da virada colorada.

Com o gol, o Colorado se animou, saiu em busca do gol de empate, mas por outro lado, encontrou dois problemas para que isso acontecesse: a falta de técnica para conclusão e Marcelo Lomba. O goleiro adversário continuou dando trabalho ao clube gaúcho.

Mesmo com toda insistência, o Internacional amargou sua primeira derrota no Estádio Centenário. Com isso, o time baiano conquistou sua primeira vitória e saiu da 17ª posição e foi para a 10ª, atrás do seu adversário de hoje, que caiu do 4º para o 9º lugar, com quatro pontos.

Na próxima rodada, o Internacional vai ao Canindé, jogar contra a Portuguesa, na quarta-feira (5), às 19h30. No mesmo dia, às 22h, o Bahia recebe o Botafogo, no Batistão.

VAVEL Logo