Bloco Timbu Coroado completa 80 anos
Publicidade do Bloco Timbu Coroado, que saiu nas ruas do bairro dos Aflitos neste domingo, dia 2 (Foto: Divulgação / Náutico)

No ano de 1934, um grupo de atletas de remo do Clube Náutico Capibaribe saiu pela Rua da Aurora - a qual toma os bairros da Boa Vista e de Santo Amaro -, onde ficava a antiga sede da instituição e hoje é o local da garagem de remo da agremiação, para comemorar o domingo de Carnaval. Era a primeira vez que as ruas da cidade do Recife conheciam o Bloco Timbu Coroado. A tradição foi repassada de geração a geração e é seguida até os dias atuais. Agora, a festa é realizada no bairro dos Aflitos, com o início e o fim do trajeto sendo a Avenida Conselheiro Rosa e Silva, onde está a atual sede do clube.

Neste domingo de Carnaval (02/03), a concentração iniciou-se às 9h da manhã. Sob a monitoria da CTTU (Companhia de Trânsito e Transporte Urbano) e da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), o bloco saiu da Rosa e Silva ao meio-dia, seguindo pelas seguintes ruas: Avenida Santos Dumont, Rua Teles Junior, Rua 48 e Rua Conselheiro Portela. O encurtamento do trajeto em quase um quilômetro, por determinação da Prefeitura do Recife, não diminuiu o entusiasmo dos foliões. O retorno à sede do Náutico se deu por volta das 14h e uma multidão de aproximadamente 5 mil pessoas mostrou sua paixão pelo Timbu e pela época carnavalesca.

No Timbu Coroado, torcedores do Náutico festejam e demonstram sua paixão pelo clube (Foto: Montagem / Divulgação)

Como era de se esperar, o hino do bloco foi a música mais tocada e cantada. A letra tem como autor o pernambucano Nelson Ferreira, que ficou famoso no Estado de Pernambuco por compor músicas de vários ritmos, sobretudo marchinhas de Carnaval e hinos dos clubes de futebol da região. O compositor nasceu no município de Bonito, no dia 2 de dezembro de 1902, e faleceu em Recife, a 21 de dezembro de 1976, aos 74 anos.

"O nosso bloco é mesmo enfezado
É o Timbu, é o Timbu Coroado
Desde cedinho já está acordado
É o Timbu, é o Timbu Coroado
Entre no passo
Que o frevo é de amargar
Pois a turma é muito boa
E no frevo quer entrar
Não queira bancar o tatu
Conheço seu jeito, você é Timbu
Esse negócio de 'cazá, cazá, cazá'
É negócio pra maluco
Pois ninguém quer se amarrar
Timbu sabe isso de cor
'Cazá' pode ser bom, não 'cazá' é melhor
N – Á – U – T – I – C – O
Todo mundo vai saber isso de cor"

Nas ruas, a Orquestra de Frevo e Maracatu do Recife e o trio elétrico Frevioca fizeram a alegria dos foliões alvirrubros. Na volta ao clube, as bandas Patusco e Só na Marosidade deram continuidade à festa. Um fato que chamou a atenção foi a presença de Lisca, técnico da equipe de futebol. Também visto no Galo da Madrugada, maior bloco carnavalesco do mundo, no último sábado (1), o gaúcho parece estar curtindo o carnaval pernambucano. O treinador, que está caindo nas graças da torcida, foi ovacionado ao aparecer publicamente.

O técnico Lisca (ao centro) apareceu na sede do Clube Náutico Capibaribe para prestigiar o Bloco Timbu Coroado (Foto: Milton Neto)

"Para mim, o Timbu Coroado de hoje foi o maior e melhor bloco de rua de um clube sócio-esportivo. Parabéns a todos!", declarou Gláuber Vasconcelos, presidente do Náutico.

Além de ser o mais tradicional bloco dos clubes pernambucanos, o Timbu Coroado também é o maior bloco carnavalesco de time de futebol do mundo.

VAVEL Logo