Martín Silva, goleiro do Vasco, vai defender o Uruguai na Copa do Mundo
Goleiro Martín Silva está convocado para disputar a Copa do Mundo (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Faltando 31 dias para o início da Copa do Mundo, o técnico Óscar Tabárez convocou os jogadores que defenderão a seleção do Uruguai no Brasil. Estão na lista oficial alguns jogadores que atuam no Brasil. Além do cruzmaltino Martín Silva, o lateral Alvaro Pereira, do São Paulo, o meia Lodeiro, do Botafogo e o volante Eguren, do Palmeiras, estão convocados. Ainda foram chamados o atacante Forlán, artilheiro do último mundial e que atuou no Brasileirão 2013 pelo Internacional e o zagueiro Lugano, com passagens pelo tricolor paulista. 

O goleiro cruzmaltino quebrou um tabu que já durava mais de 15 anos. O clube de São Januário não mandava jogadores para a Copa desde 1998, ano que Carlos Germano foi chamado para defender a equipe brasileira no mundial da França. Na ocasião, o atleta vascaíno não conseguiu se sagrar campeão, pois o título ficou com os donos da casa, que derrotaram a nossa seleção na finalíssima por 3 a 0. O Vasco é o quarto clube brasileiro que mais cedeu jogadores em todas as edições do torneio, incluindo todas as seleções. Martín Silva será o 35° jogador do Gigante da Colina que disputará a competição.

Aos 31 anos, Martín Silva já teve passagens por Defensor e Olimpia, onde se destacou na última edição da Copa Libertadores da América. Em dezembro de 2013, foi anunciado como reforço vascaíno para a disputa da segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O jogador conseguiu fazer sua estreia com a camisa do clube, somente na terceira rodada do Campeonato Carioca deste ano. Superman, como foi apelidado ao longo da carreira, chegou para resolver o problema que rebaixou o Vasco no último Brasileirão. O goleiro conquistou a torcida com boas atuações e logo nas primeiras partidas que realizou acabou de vez com a preocupação dos torcedores. 

Desde as categorias de base, Martín defendeu o Uruguai - o arqueiro teve passagens pelo sub-17 e pelo sub-20. Na seleção principal, esteve no grupo que disputou a Copa das Confederações em 2013, onde o Brasil foi campeão, derrotando a Espanha no Maracanã. Na ocasião, o arqueiro vascaíno foi reserva do goleiro Fernando Muslera, do Galatasaray, da Turquia. Para a Copa do Mundo haverá nova disputa pela posição de titular, já que Muslera vem de contusão e só estará totalmente recuperado próximo ao Mundial. Além de Martín Silva e Muslera, o treinador Óscar Tabárez convocou Rodrigo Munõz, atualmente no Libertard (PAR).

O Uruguai está no grupo D, considerado o grupo da morte. Além dele, as seleções de Costa Rica, Inglaterra e Itália completam o conjunto. A seleção Celeste estréia no dia 14 de junho contra a Costa Rica, na Arena Castelão, no Ceará. Na segunda rodada, o adversário será a Inglaterra, na Arena Corinthians, em São Paulo. Por fim, o último jogo da primeira fase, será disputado na Arena das Dunas, em Natal, contra a Itália. Há quatro anos atrás, os uruguaios caíram na semifinal para a Holanda de Arjen Robben. Dessa vez, a expectativa deles é para que consigam o tri, e quem sabe, possam realizar um novo Maracanazo, como em 1950.

VAVEL Logo