Na estreia de Kléber, Vasco encara o Santa Cruz na Arena Pantanal, em Cuiabá
Foto: Divulgação/Vasco

Após um mês de preparação, Vasco e Santa Cruz entram em campo na noite dessa terça-feira (14), às 21h50, na Arena Pantanal em Cuiabá, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida marca o retorno das equipes a competição após a parada para a Copa do Mundo. O Gigante da Colina encara o confronto como fundamental para embalar uma sequência de vitórias e voltar a brigar no topo da tabela. As pretensões do Tricolor não são diferentes. 

A Arena Patanal foi escolhida pela diretoria do Vasco como local da partida. O clube carioca cumpre o último jogo de punição devido a briga de torcidas ocorridas na última rodada do Brasileirão 2013, na Arena Joinville. O Cruzmaltino retornará para casa no próximo fim de semana, quando encara o América-RN, no sábado (19), na Colina Histórica. 

O Vasco ocupa apenas a 10ª colocação, com 14 pontos somados. Já a equipe pernambucana tem uma campanha melhor, o Santa ocupa a 8ª colocação com 16 pontos conquistados. Essa será a primeira vez que as equipes jogam em partida válida pela segunda divisão. No histórico geral de confrontos, o time carioca leva ampla vantagem com sete vitórias e apenas duas derrotas. Nas outras seis oportunidades, os duelos terminaram empatados. O último embate entre os clubes aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2006. Jogando no Arruda, o Santa Cruz foi goleado pelo Gigante da Colina por 4 a 0. 

A equipe de São Januário venceu a última partida antes da Copa do Mundo. O jogo foi disputado em Varginha e o Vasco derrotou o Boa Esporte por 2 a 0. Já o Santa Cruz atuou em casa. A Cobra coral superou a Ponte Preta por 2 a 1, resultado que mantém a equipe invicta no campeonato até o momento, são três vitórias e sete empates. 

Edmílson perde titularidade e nova dupla de ataque será formada por Kleber e Thalles 

O técnico Adílson Batista não fez mistério em relação ao time que enfrenta o Santa Cruz nessa terça-feira (14). O comandante vai mandar a campo a mesma equipe que atuou nos últimos jogo-treinos que foram realizados em preparação ao retorno da Série B. O volante Guiñazu retorna à equipe depois de lesão e jogará na companhia de Pedro Ken, Fabrício e Dakson, que assume a vaga de Douglas, suspenso. Na frente, o artilheiro Edmílson dará lugar ao recém-contratado Kleber. O Gladiador formará dupla de ataque com o garoto Thalles. Com infllamação no joelho direito, o zagueiro Rodrigo é desfalque para os dois próximos confrontos. 

Kleber e Thalles atuaram juntos nas vitórias contra o Atibaia e o Guarani. A jovem promessa não marcou em nenhum dos dois jogos de preparação, enquanto o novo reforço balançou as redes nas duas partidas. O treinador Adílson Batista comentou a escolha por essa nova dupla.

"Eles fizeram dois bons jogos treinos. Eles se entenderam bem, fizeram jogadas que nos deixaram contentes. Edmilson também entrou bem, conhecemos as opções e estamos trabalhando para que seja uma boa briga", disse o comandante. 

A partida diante do Tricolor Pernambucano é apenas a primeira das cinco que o time fará nos próximos quinze dias. A equipe está confirmada com Martín Silva; André Rocha, Luan, Douglas Silva e Diego Renan; Guiñazu, Fabrício, Pedro Ken e Dakson; Kleber e Thalles. 

Sérgio Guedes alerta que equipe não deve se preocupar apenas com o Kleber

O treinador da equipe estudou o Vasco da Gama no último mês, enquanto a competição estava parada para a Copa do Mundo. Sérgio Guedes se mostrou bastante atento sobre os perigos que os cariocam podem oferecer. O comandante entrou em contato com integrantes da comissão técnica do Guarani, que realizou um jogo-treino contra o Cruzmaltino na última semana, para colher informações. Além disso, assistiu algumas partidas do time de São Januário, conforme assumiu.

"Eles trocaram muita gente. Mudaram muito. A gente sempre manda alguém assistir aos jogos e vimos o último jogo-treino deles. Espero um time muito técnico. O pessoal do Guarani me disse que é uma equipe superior ao Palmeiras e ao Criciúma, por exemplo", confirmou o comandante.

Sérgio Guedes ainda não confirmou a equipe que enfrenta o Vasco. O técnico fez mistério e não divulgou o time que começa jogando, mas comentou sobre a expectativa de voltar a campo após o recesso devido ao Mundial.

"Minha expectativa é que nossa equipe jogue bem, os atletas se mostraram muito motivados com esse período de treinamentos. É claro que devemos entrar com precaução, pois o Vasco é uma grande equipe, um dos postulantes ao acesso. Mas estou confiante que nós faremos o melhor resultado aparecer", disse Sérgio

Os jogadores do Santa Cruz desembarcaram em Cuiabá e mostraram muita motivação para atuar em um estádio de Copa do Mundo. O sentimento do Sérgio Guedes não é diferente, o treinador comentou sobre a oportunidade de jogar na Arena Pantanal.

"Não é só por ser uma arena de Copa do Mundo, mas principalmente por ser um estádio de qualidade que possibilitará aos atletas as melhores condições de desempenhar um bom futebol, na minha geração não tínhamos campos com essas condições, os campos eram muito ruins, mas hoje quase todos os estádios têm boas condições. Com isso, acredito que nossa equipe se porte bem e faça um jogo coeso e consistente", encerrou o treinador.

O Santa Cruz deve ir à campo com Tiago Cardoso; Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Bileu (Wescley), Danilo Pires, Carlos Alberto e Pingo; Léo Gamalho. 

VAVEL Logo