Zico em dia de rei: o histórico Fla-Flu dos quatro gols do Galinho de Quintino

Mais um clássico entre Flamengo e Fluminense acontecerá neste domingo (5) e a VAVEL Brasil fez um especial relembrando um confronto histórico entre os rivais. Em destaque, o maior jogador da história do rubro-negro, Zico, que anotou quatro gols sobre o tricolor em 1976 e saiu de campo ovacionado. Um dia histórico para os flamenguistas que estiveram presentes no Maracanã.

A partida era apenas um amistoso e os dois clubes queriam apresentar as novas contratações às suas torcidas naquele 7 de março de 1976. O então presidente do Fluminense, Francisco Horta, comandou uma negociação que mandou o goleiro Roberto, o lateral Toninho e o atacante Zé Roberto para o Flamengo e o rubro-negro liberou o arqueiro Renato, o lateral Rodrigues Neto e o atacante Doval para o tricolor.

Na época, o time do Fluminense era conhecido como “Máquina” e tinha jogadores como Carlos Alberto Torres, Edinho, Rivellino, Paulo César Caju, entre outros. Nem todos participaram do amistoso, mas mesmo assim os torcedores queriam apreciar o espetáculo e lotaram o Maracanã, que neste dia recebeu quase 90 mil expectadores.

Apesar do time mais modesto, o Flamengo tinha Zico, um dos maiores jogadores em atividade no futebol brasileiro na época. O Galinho tinha acabado de voltar de uma excursão com a Seleção Brasileira por Argentina e Uruguai, onde marcou gols em todos os amistosos e vivia um ótimo momento na carreira.

Toda a genialidade de Zico pode ser vista naquele clássico. O camisa 10 rubro-negro começou seu show logo aos 14 minutos de jogo, anotando o primeiro gol da partida. Aproveitando passe de Paulinho Carioca, o Galinho finalizou com maestria, não dando chances de defesa para o goleiro Renato.

O jogo seguiu muito disputado até o intervalo, com poucas oportunidades de gol para os dois times. Mas logo no começo do segundo tempo, o Fluminense mostrou que estava disposto a vencer a partida para mostrar realmente que era o melhor time e conseguiu empatar com gol de Carlos Alberto Torres, que converteu pênalti sofrido por Paulo César Caju.

Depois disso, Zico voltou a brilhar e comandou a construção da goleada rubro-negra, marcando mais três gols. Para delírio da torcida, o camisa 10 anotou um belo tento em cobrança de falta e sua atuação naquela partida ficou conhecida como “Zicovardia”, manchete dada pelo Jornal dos Sports para definir o inesquecível Fla-Flu feito pelo Galinho.

Ao todo, Zico disputou 40 Fla-Flus na sua carreira como jogador e anotou 21 gols, sendo um dos jogadores mais importantes da história deste clássico.

VAVEL Logo