Corinthians é derrotado em casa pelo Guaraní-PAR e é eliminado da Copa Libertadores

Na noite desta quarta-feira (13), Corinthians e Guaraní se enfrentaram na Arena Corinthians, em duelo válido pelo jogo de volta das oitavas de finais da Copa Libertadores da América.

Precisando vencer por dois gols para levar para os pênaltis, o Corinthians não fez uma boa partida, e ainda terminou com dois jogadores a menos, já que Jadson e Fábio Santos foram expulsos. Melhor para o Guaraní, que com um gol de Fernando Fernández nos minutos finais, venceu por 1 a 0 e avança para a próxima fase da competição.

Timão faz pressão inicial, mas não chega ao gol

O cartão amarelo de Guerrero no primeiro minuto de jogo mostrava como seria a partida. O Timão, que precisava vencer por dois a zero para levar aos pênaltis, inicio o jogo nervoso.

O jovem Malcom era quem mais dava trabalho para a defesa do Guaraní, apostando em suas jogadas de velocidade.  Aos 14 minutos, o atacante Corintiano recebeu passe de Renato Augusto e chutou com perigo, assustando o goleiro adversário.

O Corinthians passou a sufocar a equipe visitante e apostando em jogadas aéreas, porém, sem muita eficiência. Aos 20 minutos o meia Jadson arriscou um bom chute, mas Aguilar fez uma boa defesa. Passado os 25 primeiros minutos de jogo, o Timão diminuiu a intensidade e tirou o pé, fato que deixou o Guaraní mais a vontade na partida.

Aos 36 minutos, o Timão teve a melhor oportunidade até então. Jadson encontrou Guerrero dentro da área, o atacante dominou e mandou uma bomba, para boa defesa de Aguilar.Nos minutos finais, o Corinthians ensaiou uma pressão na base das descidas dos seus laterais, porém, sem sucesso.

Corinthians fica com dois a menos e leva gol nos acréscimos

Na volta do intervalo, o treinador Tite mexeu na equipe, colocando o Corinthians para cima. O zagueiro Felipe e o atacante Malcom deixaram a partida para as entradas de Mendonza e Danilo, na intenção de ganhar mais poder ofensivo.

Porém, aos sete minutos aconteceu algo inesperado. O lateral-esquerdo Fábio Santos deixou o pé após dividida com Santander e recebeu o cartão vermelho, deixando o Timão com um homem a menos.

Mesmo com a desvantagem numérica, a equipe brasileira manteve a calma, e tocava a bola com paciência, porém, sem objetividade, mostrando um abalo emocional.

Aos 24 minutos, mais um duro golpe na equipe do Corinthians. O camisa dez, Jadson, deixou o braço após dividida com Benitez e recebeu o segundo cartão amarelo e conseqüentemente o vermelho, deixando a equipe com dois homens a menos.

A tarefa que já era dura ficou quase impossível, e a equipe já não mostrava forças para correr atrás dos gols que necessitava. Aos 36 minutos, Mendonza, do Guaraní, quase anotou o gol que selaria de vez a eliminação. O jogador recebeu a bola dentro da área, driblou o zagueiro Gil, mas bateu fraco, nas mãos de Cássio.

Já nos acréscimos, a última pá de terra foi jogada. Fernando Fernández, que havia acabado de entrar no jogo, recebeu cara a cara com Cássio e anotou o gol que calaria a Arena Corinthians. 1 a 0 Guaraní e Corinthians eliminado.

VAVEL Logo