Goleiro Elias no Juventude: jovem crucial na campanha e na classificação à final
Elias comemora frande atuação e vaga para a final do Gauchão. (Foto: Divulgação / Juventude)

Se tem alguma coida que os gaúchos não podem reclamar há algum tempo é em relação à sua escola de bons goleiros. Atualmente os goleiros titular e reserva da seleção são da dupla Gre-Nal, (Alisson do Inter e Grohe do Grêmio).

Mas essa escola de bons goleiros não ficam só os grandes da capital. Os clubes do interior vem demonstrando que também sabem revelar craques debaixo das traves, exemplo disso é o goleiro do Elias, que ganhou grande repercursão no cenário nacional depois de grande atuação no domingo contra o Tricolor Porto-Alegrense.

Mas quem acompanha o futebol gaúcho poderá afirmar que a grata surpresa de muitos neste final de semana, na verdade trata-se de uma afirmação que se viu durante todo o campeonato. 

Aos 20 anos de idade, Elias, goleiro do Juventude, talvez viva seu melhor momento como profissional, após uma atuação memorável contra o Grêmio pelas semifinais do Gauchão, quando fez no mínimo quatro defesas difíceis que foi crucial para a classificação do seu clube para a final do campeonato. Agora chegou o momento de pensar no Internacional, o que promete ser dois jogos duríssimos. 

O goleiro, aliás, tem uma lembrança do seu rival na final, mas não foi em um jogo que ele esteve dentro das quatro linhas,ele se quer era profissional ainda, quando ainda criança, aos 12 anos de idade, ele viu o Juventude levar uma goleada histórica na final do Gauchão de 2008 para o Internacional. Foram humilhantes 8 a 1, com direito a gol do goleiro Clemer de pênalti naquela oportunidade. Agora, ele pode dar o troco, junto com seus companheiros, tomando o título na casa do algoz de oito anos atrás.

"Eu tinha 12 anos e vi aquilo. Agora, temos a chance de tentar o título de novo. Chegamos com humildade, batalhamos muito para chegar à final. Nossa equipe tem espírito de vencedor, se entrega em campo, um joga pelo outro. O clube passa por uma reestruturação e nós abraçamos isso para que esse ano a gente possa fazer alguma coisa diferente pelo clube. Fui criado no Juventude. Sou de Vacaria e amo esse clube. Eu e minha família", disse o jovem de 20 anos.

Elias estreou como titular pelo Juventude aos 19 anos, pela série C do Campeonato Brasileiro diante do Madureira, mas não foi titular durante o campeonato. No começo daquela temporada, o arqueiro era a terceira opção. O goleiro natural de Vacaria chamava a atenção em suas atuações pelo time B do Juventude em campeonatos regionais disputados no segundo semestre de 2014 e 2015, para enfim se tornar titular absoluto na temporada de 2016. Apesar de nascer em Vacaria, o goleiro é fruto da base do Juventude, desde garoto defende as cores da equipe de Caxias.

Mas Elias não chamou a atenção só neste final de semana no jogo contra o Grêmio, o garoto vem em destaque desde a pré temporada. O goleiro ficou conhecido como pegador de pênaltis. Já na primeira rodada, na vitória contra o São Paulo de Rio Grande por 2 a 1 no Alfredo Jaconi, brilhou na partida fazendo grandes defesas, sendo eleito o melhor jogador da partida naquela oportunidade, dando indícios que esta seria a temporada dele. 

Durante todo o campeonato, o goleiro vem sendo um dos destaques da ótima campanha do Juventude. Ele faz parte da reestruturação que a equipe da serra vem realizando em busca de recuperar seu espaço no cenário nacional.

Neste próximo domingo, aos 20 anos, terá o jogo mais importante de sua vida até o momento. Vale título, vale história e será uma grande oportunidade dele escrever seu nome na história do clube.

Ficha técnica do goleiro do Juventude:

Nome: Elias Curzel

Posição: goleiro

Data de nascimento: 12/07/95

Naturalidade: Vacaria-RS

Altura: 1,86m

Peso: 74kg

Carreira: Categorias de base do Juventude

VAVEL Logo