Em reformulação para 2017, Náutico muda comando do departamento médico
Ex-vice presidente-médico do Timbu, Múcio Vaz, explicou o desligamento da equipe ocorreu de forma amistosa (Foto: Divulgação/Náutico)

Em reformulação para 2017, Náutico muda comando do departamento médico

Equipe do DM que atuou em 2016 foi desligada do clube e substituída por prestadores de serviço que já passaram pelo Timbu

claracastrob
Clara Castro

Com o fim do primeiro ano da gestão de Ivan Brondi – presidente interino que assumiu em maio, após Marcos Freitas pedir o afastamento da presidência por motivos de saúde –, o Náutico passa por uma reformulação não só dentro de campo, com os atletas. A primeira delas será a oficialização de Ivan no cargo de presidente executivo do Timbu.

Na manhã dessa segunda-feira (12), o clube, em nota, agradeceu os serviços prestados e comunicou o afastamento de todo o seu Departamento Médico (Múcio Vaz, Fábio Ribas, Renato Paes Barreto, Henrique Marques e Marcos Lessa). O diretor de futebol, Eduardo Henriques, esclareceu à Folha de Pernambuco como será formada a equipe que assumirá o DM Alvirrubro.

"O que vamos fazer é cortar o vinculo empregatício. Ao invés de ter carteira assinada, vamos ter profissionais prestadores de serviço. Não é terceirizar, não vamos contratar uma clinica. Teremos uma equipe formada por alvirrubros e que, inclusive, darão uma assistência maior às divisões de base. Não é só a questão salarial que diminui, mas também com relação aos tributos, impostos que se paga a um funcionário de carteira assinada. Como será contrato de prestação de serviço, deixa de ter um vínculo empregatício e há uma economia".

Henrique Matos faz parte dos profissionais desligados do clube (Foto: Léo Lemos/Náutico)
Henrique Matos faz parte dos profissionais desligados do clube (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Algumas horas depois, o Náutico divulgou a volta de um profissional que já atuou no clube. Leia na íntegra.

O ortopedista Francisco Couto é o novo coordenador do Departamento Médico do Clube Náutico Capibaribe. Francisco possui mais de 20 anos de experiência na área, atuando há 16 anos como especialista em cirurgia de joelho e traumatologia esportiva. O médico já trabalhou no Náutico de 2001 a 2006, depois fez parte da equipe de controle antidoping da Confederação Brasileira de Futebol. 

"Para mim é uma grande alegria poder voltar para o Náutico. Aqui, eu pude comemorar várias conquistas do Clube, e agora é um prazer ter a chance de voltar a ajudar", destacou o coordenador.

Para o elenco, vários nomes são especulados, como o meio campista Thomás e o goleiro Tiago Cardoso, que está encerrando seu vínculo de seis anos com o Santa Cruz. Mas ainda são poucos os nomes confirmados para disputar a temporada 2017 pelo Náutico. A dúvida maior fica entre os goleiros (Júlio César, Rodolpho e Jefferson), que estão todos com os contratos se encerrando.

Os laterais Hayner e Mateus Muller são emprestados e estão retornando aos seus clubes de origem – Bahia e Palmeiras, respectivamente. Já Walber e Gastón também estão no fim de seus contratos e provavelmente não seguirão no time. Já Joazi, prata da casa, tem vínculo com o clube até 2018.

Na zaga, Léo Pereira e Gastón Filgueira estão de saída. Rafael Pereira já acertou com o Ceará e o Timbu aguarda a definição de Igor Rabello, que pertence ao Botafogo. Adalberto é a única certeza até o momento, o zagueiro renovou com o Náutico até o fim de 2018.

Para o próximo ano, o Timbu tem uma dupla de volantes titulares – João Ananias (contrato até 2018) e Maylson (renovou). Niel e Negretti também deverão seguir no clube. Já Rodrigo Souza, está no fim do seu empréstimo e no fim do seu contrato com o Cruzeiro, ficando disponível no mercado.

Dos meias, apenas Marcos Antônio tem contrato até o fim de 2017 e deve permanecer. Vinícius, Renan Oliveira e Esquerdinha estão encerrando seus empréstimos e, desses, o único que o Náutico demonstrou interesse em renovar foi Esquerdinha – pelo custo benefício.

Muito contestado, o ataque deverá ser o setor com mais mudanças. Tiago Adan, Yuri Mamute, Daniel Morais e Bérgson não devem interessar ao clube para renovação. Já Ronny, um dos jogadores mais elogiados pelo ex técnico Givanildo Oliveira, deverá retornar ao Cruzeiro. Jefferson Nem tem contrato até 2018, mas atraiu a atenção do Sporting-POR e pode ser emprestado.

Sendo assim, atualmente o Náutico conta com Joazi, Adalberto, João Ananias, Maylson, Marcos Antônio e Jefferson Nem para 2017. Além do técnico Dado Cavalcanti, que retornou ao Timbu após dois anos. Alguns reforços podem ser confirmados ainda em 2016.

VAVEL Logo
CHAT