Meia-atacante do Brasília marca dois contra o Cruzeiro e tem longa conversa com diretoria celeste
Diretoria celeste garante que conversa não tem relação com possível contratação (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

Meia-atacante do Brasília marca dois contra o Cruzeiro e tem longa conversa com diretoria celeste

Marco Morgon, de 28 anos, se destaca pelo Colorado após goleada da Raposa e desperta atenção dos dirigentes mineiros; jogador deixa mensagem misteriosa no Twitter após jogo-treino

matheus-adler
Matheus Adler

A goleada do Cruzeiro, sobre o Brasília, por 8 a 2, nesta quarta-feira (25), no SESC Venda Nova, em Belo Horizonte, não serviu apenas para a comissão técnica, torcida e diretoria observarem os atletas celestes. Isso porque um jogador do Colorado despertou a atenção de todos: o meia-atacante Marco Morgon.

O jogador, de 28 anos, foi o autor dos dois únicos gols do Brasília na partida. Após o duelo, a diretoria do Cruzeiro, formada pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares, pelo diretor executivo Klauss Câmara, além do vice de futebol Bruno Vicintin e do gerente Tinga, passaram longo tempo conversando com Marco à beira do gramado.

Perguntado sobre o teor da conversa, Bruno Vicintin desconversou e classificou o diálogo como "normal". No entanto, pouco tempo depois, Marco Morgon publicou, em seu Twitter, uma mensagem, no mínimo, misteriosa: “Deus tem um propósito em nossas vidas apenas creia (sic)”. Após a postagem, a torcida do Cruzeiro passou a mandar mensagens para o jogador, que passou a “retuitar" todo o conteúdo.

Marco Morgon já atuou pelo futebol mineiro vestindo a camisa do Varginha. Nascido em Santo André, na região do ABC Paulista, o meia-atacante também jogou pelo Mogi das Cruzes-SP, Bandeirante de Birigui-SP e Colorado-PR. O jogador também possui experiências internacionais, atuando em clubes de Portugal, Espanha, Chile e Colômbia.

VAVEL Logo

    Cruzeiro Esporte Clube Notícias

    há 15 dias
    há 19 dias
    há 24 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês