Ney Franco chega ao Sport visando títulos: "Gostaria de ter Nordestão no meu currículo"
É o primeiro time de Ney Franco desde 2015, já que passou o ano passando inteiro fazendo cursos preparatórios (Foto: Williams Aguar/Sport)

Na tarde desta terça-feira o Sport apresentou de forma oficial seu novo comandante para temporada. Após demitir Daniel Paulista no domingo, quando a equipe empatou com o Santa Cruz por 1 a 1 no Campeonato Pernambucano, a diretoria rubro-negra agiu rápido e na segunda pela manhã já estava anunciando Ney Franco como treinador. E logo um dia depois, Ney Franco já foi apresentado no CT do clube, falando em títulos, elogiando a estrutura do time, Daniel Paulista, e também visando títulos ao longo de 2017.

Logo no início de sua entrevista, os primeiros questionamentos foram sobre seu ano sabático e porque escolheu o Sport para voltar a trabalhar. "Passei 15 anos trabalhando praticamente sem férias, precisava descansar. Tinha a necessidade de aprender o inglês. Hoje me sinto um técnico mais preparado e mais tranquilo emocionalmente para comandar uma equipe. O Daniel é uma pessoa querida dentro do clube, adorado pelo torcedor. Agora nós precisamos pensar no Sport daqui pra frente. Ele está presente comigo nesse projeto. Iremos trabalhar juntos"; comentou o novo técnico do Leão. 

Quando perguntado sobre já ter tido a oportunidade de trabalhar no Sport, Ney Franco comentou que trabalhar no time rubro-negro era um desejo antigo e que recebeu conselhos de Eduardo Baptista. "Em 2006 quase assinei um contrato. Porém, eu estava trabalhando em outro clube e não queria deixá-lo na mão. Na epóca que estava nos Estados Unidos tive muito contato com o Eduardo Baptista que elogiava demais a estrutura do clube e disse que eu tivesse a oportunidade de trabalhar lá, deveria ir. Desde de 2006 que eu sentia que devia trabalhar um dia no Sport. Hoje estou tendo essa oportunidade. É um clube onde tem cinco competições para disputar, com um elenco bastante qualificado e uma estrutura que me surpreendeu positivamente",  falou.

Sobre as competições que o Sport disputa, o técnico falou sobre entrar pra ganhar em todas e que gostaria de ser campeão do Nordeste, além de já conhecer a maioria dos atletas. "Acho que a grande competição do ano é o Brasileiro. Mas, antes disso, e principalmente agora, tem várias competições de mata-mata. Gostaria de ter o Nordestão no meu currículo. Eu já conheço a maioria dos jogadores. Trabalhei com Mansur, Marquinhos, Diego Souza. Além de já ter enfrentado várias vezes Rithelly, Magrão, Rogério, André. É um time recheado de opções, só não conheço ainda os garotos oriundos da base", continuou o treinador.

A estreia de Ney Franco vai ser nesta quinta-feira (30), quando o Leão da Ilha mede forças contra o Campinense no Estádio Amigão, em Campina Grande/PB. O jogo será válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste e o novo comandante rubro-negro falou sobre sua expectativa para o primeiro teste à frente da equipe da Praça da Bandeira.

"Vamos fazer um treinamento em campo e tático amanhã. É importante Daniel ter ficado para a gente trocar informação sobre esse jogo. Algumas coisas vão depender da minha interpretação, do meu feeling quando estiver em campo", finalizou.

VAVEL Logo