Douglas Santos afirma que cirurgia de Sornoza foi bem sucedida: "Em três meses deve estar de volta"
Foto: Divulgação / Fluminense FC

O coordenador médico do Fluminense, Douglas Santos, concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (23), no CT Pedro Antônio, para explicar as situações dos jogadores que estão em tratamento. O médico explicou a lesão de Sornoza e afirmou que deu tudo certo na cirurgia do equatoriano. 

"Sornoza como todos sabem sofreu uma fratura desviada na fíbula, precisa fazer uma cirurgia, coloca o osso onde precise estar com parafuso para que consolide na posição certa. A cirurgia foi feita ontem a noite, foi bem sucedida, correu tudo bem, Graças a Deus, o osso está certinho, fixada com placa e parafuso, a tendência é que evolua bem", afirmou.

Sobre a previsão de volta, Douglas Santos afirmou que será preciso esperar: "Precisamos esperar consolidar para ele poder começar as atividades, entre 4 a 6 semanas. Em três meses ele deve estar de volta aos campos, jogando. Depois da oitava semana ele deve começar a treinar."

Segundo o médico, no começo Sornoza ficará imobilizado e terá algumas limitações por receio. "É uma lesão grave, ele deve voltar a ser quem ele era antes. No começo, terá algumas limitações, involuntário, terá medo, receio. Mas com o tempo passando, logo nos primeiros jogos mesmo ele terá a performance dele de sempre. No começo ele fica imobilizado. Depois, precisa adquirir arco de movimento, ainda sem peso, para ele começar a progredir. Outra fase posterior é colocarmos peso e reforçar a musculatura para ele poder, enfim, voltar a treinar quando estiver consolidado".

O médico também descartou uma possível ida de Sornoza para o Equador: "Pedi para ele não viajar, o departamento médico prefere que ele fique aqui, evitando o desgaste de uma viagem, posição desconfortável num avião".

Sobre Wellington Silva, Douglas Santos não descartou a participação do jogador no sábado, contra o Vasco: "Prematuro dizer que ele joga. Hoje é terça. Ele correu um pouco, fez bicicleta, musculação, esteira, mas temos que ver. É prematuro dizer que ele pode jogar no final de semana. Pelo departamento médico, ele tem chance de jogar sim. De forma alguma está descartado."

O lateral Lucas sofreu uma entorse no tornozelo na partida contra o Atlético-MG, entretanto, o médico descartou maiores problemas. "Também estamos atentos ao caso, mas ele não teve lesão verificada no exame, então, a princípio, deve jogar no fim de semana", afirmou.

Poupado contra o Grêmio, Orejuela também não preocupa o departamento médico. "A gente tem um protocolo adotado pela gente: usamos alguns critérios pra ele ter chance grande de lesão muscular. Não sei se ia ter ou não, mas as chances eram grandes. Ele não teve problema, já jogou 90 minutos, está bem", disse Douglas Santos.

Por último, o médico esclareceu a lesão sofrida pelo voltante Douglas, uma artrite reacionária: "ele entrou em dois jogos dos três que esteve no banco. Não teve mais nada, acredito que a lesão esteja curada. Artrite reacionária de força transitória, como o nome diz, pode ir e voltar. Ele ficou no banco, entrou, foi bem. Não nos preocupa. Esperamos que siga bem".

VAVEL Logo