Náutico acerta contratações no meio de campo para sequência da Série B
Foto: Divulgação/Náutico

O Náutico iniciou os trabalhos da semana e se reapresentou após a derrota sofrida pelo Figueirense por 3 a 0 no último fim de semana, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na busca de conquistar a primeira vitória, os atletas iniciaram as movimentações nesta segunda-feira (22), no Centro de Treinamento Wilson Campos.

A principal novidade foi a presença de duas caras novas no elenco alvirrubro. O volante Jobson e o meia Júlio Brasília chegaram para um período de avaliação. Ambos foram um pedido do técnico Waldemar Lemos. Os dois serão observados para saberem se assinam contrato com o clube. Antes, Aislan, Jeanderson e Amaral foram contratados e fazem parte da reformulação do elenco.

Jobson tem 21 anos e atuou no Nacional-SP, clube da terceira divisão do futebol paulista, desde o ano passado. Atuou em 19 jogos em 2017, 15 destes como titular, e marcou dois gols. O volante chega ao Timbu por empréstimo junto ao Palmeiras por um mês. O vínculo com o time alviverde se encerra no dia 20 de junho. Caso agrade à comissão técnica do Náutico, assina contrato.

Júlio Brasília tem 25 anos e estava no Brasiliense. Sem nenhum vínculo com qualquer equipe, o meia está livre no mercado e ainda acerta termos burocráticos com a equipe de Rosa e Silva. 

No gramado do CT Wilson Campos estiveram apenas os atletas que não entraram em campo no último sábado (20), enquanto os titulares fizeram trabalho regenerativo. Primeiro, Waldemar Lemos realizou trabalho de um treino tático. Em seguida, trabalharam em velocidade e finalização com bolas lançadas nas laterais do campo.

A boa notícia foi o retorno de Joazi aos gramados. O lateral-direito busca voltar à titularidade e briga com David e Guilherme para estar escalado no time inicial. No ano passado, foram 43 partidas disputadas. Neste ano, recuperado de uma cirurgia no joelho, o jogador espera ter nova sequência de jogos e com desempenho melhor em relação ao ano de 2016.

"Evoluí bem na minha recuperação após a cirurgia. Realizei todos os trabalhos e, graças aos cuidados dos médicos e dos fisioterapeutas do Náutico, estou apto a jogar. Faltou um pouco de ritmo de jogo contra o Figueirense, mas evoluí bastante e posso atuar contra o Ceará. Minha meta é sempre ultrapassar os objetivos que consegui no passado. Todo ser humano pensa assim. Estou trabalhando para que aconteça novamente, não deixando cair o ritmo dos trabalhos e melhorar em alguns aspectos, como na parte ofensiva. Busco me adaptar para atacar mais e evoluir", declarou Joazi.

O Náutico segue em busca dos três primeiros pontos no Campeonato Brasileiro da Série B e vai ter nova oportunidade diante do Ceará, pela terceira rodada da competição nacional. O duelo será realizado às 16h30 do próximo sábado (27), na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

VAVEL Logo