Grêmio vira sobre Godoy Cruz com dois de Pedro Rocha e quebra sina para avançar às quartas
Foto: Lucas Uebel | Grêmio

O Grêmio quebrou uma sina. Havia sido eliminado na fase de oitavas de final nas últimas quatro participações suas na Libertadores. Não mais! Com dois gols de Pedro Rocha, o Tricolor gaúcho passou por cima do Godoy Cruz pelo marcador de 2 a 1, placar obtido em virada na Arena do Grêmio nesta quarta-feira (9). Em jogo que ainda ganhou ares de possível despedida do atacante Luan, o Mosqueteiro precisou demonstrar tranquilidade para virar o jogo e avançar às quartas de final.

O próximo adversário gremista na Libertadores será o Botafogo ou o Nacional de Montevidéu, equipes que definem vaga na quinta-feira. Interessante que o próximo compromisso do Grêmio oficialmente é justamente contra o Fogão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, em partida a ser realizada no domingo de dia dos pais.

Godoy Cruz começa em cima, mas diminui ritmo

Os argentinos nada tinham a perder. Vindos da derrota na ida pelo marcador de 1 a 0 em Mendonza, o Godoy Cruz partiu para cima na Arena. Grohe defendeu chute forte de Juan Garro logo aos 4 minutos, quando Cortez não conseguiu parar o adversário. Marcando alto, os argentinos conseguiram abrir o placar numa recuperação de bola. Esperteza e qualidade para Correa finalizar de longe e fazer 1 a 0.

O placar igualava as coisas nas oitavas de final, obrigando o Grêmio a buscar o gol de empate na Arena. Não houve afobação e o toque de bola conhecido do torcedor apareceu na Arena. Com mais de 30 mil vozes de apoio, até parecia mais fácil. Luan recebeu com espaço pelo meio e carimbou a trave aos 16 minutos. No minuto seguinte, após cobrança de escanteio da esquerda, o Tricolor chegou às redes, mas havia impedimento na jogada.

Ainda no primeiro tempo, oportunismo não faltou. Luan recebeu na extrema direita e cruzou fechado, o goleiro bateu roupa e deu rebote. Lucas Barrios apareceu para dominar a bola e tocar para Pedro Rocha. O garçom da temporada dessa vez empurrou às redes: 1 a 1.

Com o gol de empate, a tranquilidade era restaurada. Toque de bola e muita cantoria nas arquibancadas. O Grêmio administrava e tentava chegar na hora boa. A virada ainda não havia acontecido ao final da primeira etapa. Ainda.

Pedro Rocha é oportunista de novo e Grêmio sai de campo classificado

Michel não fazia bom jogo, mas foi bancado em campo por Renato. O Grêmio e o Godoy não mudaram escalações para etapa final. No começo do segundo, um ensaio de nova pressão argentina. Como mencionado antes, tinham nada a perder. O árbitro parecia ignorar faltas no centro de campo e permitia criações do esforçado Godoy Cruz.

Mas, justamente numa precipitação argentina no ataque, espaço para o contra-golpe gremista. Geromel avançou bem demais pela direita, tocou para Luan. O craque conduziu e enganou a marcação ao servir Barrios. Dentro da área, o paraguaio chutou cruzado e mandou na trave, mas Pedro Rocha completou pra rede: 2 a 1 na virada do Tricolor.

Embalado pelas arquibancadas, não houve mais dúvidas da classificação. O Godoy Cruz, clube em meio a pré-temporada parecia batido e abatido. As trocas do técnico não surtiam efeito. As do Grêmio, sim. Mais aplausos e toque de bola renovado. Arthur e Fernandinho vieram a campo. A última troca tricolor veio com Marcelo Oliveira no lugar do artilheiro da noite, Pedro Rocha. No fim, apenas um lance a lamentar: expulsão de Michel. Já tinha cartão amarelo e derrubou adversário na entrada dos acréscimos.

O volante Michel desfalca o Grêmio na ida das quartas de final, fase a ser disputada no próximo mês de setembro. O adversário das quartas será Botafogo ou Nacional do Uruguai.

VAVEL Logo