Após classificação para final, Rueda mantém discurso cauteloso: "Ainda faltam jogos difíceis"
Foto: GIlvan de Souza / Flamengo

Nesta quarta-feira (23), o Flamengo venceu o Botafogo no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil no Maracanã por 1 a 0, gol de Diego. Com a vitória, o Rubro-Negro garantiu a vaga na final da competição e vai enfrentar o também finalista Cruzeiro. Após o jogo, o técnico colombiano Reinaldo Rueda concedeu entrevista coletiva e falou sobre a partida e a dificuldade do jogo.

"Passar pra final, contra um rival que está muito forte, com um bom trabalho e bons jogadores... Pensei que pudesse ser um jogo limpo, de grande aplicação e intensidade. Acho que foi uma partida muito bem jogada pelas duas equipes e conseguimos o gol em um momento oportuno e eu só tenho que parabenizar ao grupo de jogadores pela entrega" - declarou.

Uma das principais surpresas para o torcedor rubro-negro foi a escalação do atacante Paolo Guerrero, que estava fora há alguns jogos por conta de contusão. A ideia era que o peruano jogasse apenas um tempo mas o atacante ficou até o fim do jogo; Rueda explicou a situação.

"Temos dois ou três jogadores no departamento médico e o caso mais delicado é o do Guerrero. Antes de tudo quero parabenizar o departamento médico, o Dr. Tanure e a todos os fisioterapeutas que fizeram da recuperação de Paolo possível, e também a sua própria profissionalidade (de Guerrero). Ele queria jogar, então tomamos a decisão de iniciar com ele e se não pudesse começar teríamos essa alternativa (deixa-lo no banco e utiliza-lo no segundo tempo). Pensei que jogaria apenas um tempo mas ele suportou muito bem" - comentou Rueda.

O colombiano também comentou sobre a atmosfera do Maracanã, criada pelos torcedores rubro-negros e elevou a torcida à patrimônio do clube. "Acho fantástico, extraordinário. É algo que é único pelo que significa. Toda essa força e energia que se sente que contagia a equipe. Creio que isto é um patrimônio muito grande do Flamengo" - afirmou.

Por fim, Rueda comentou sobre o que espera para os próximos jogos e a sequência do Rubro-Negro em outros campeonatos. O colombiano prezou a cautela e afirmou que nada está ganho, em nenhuma das competições.

"Existe o compromisso do grupo de jogadores de seguir melhorando. Foi uma semana muito intensa com os jogos do Botafogo e do Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro. Mas é um grupo muito profissional, que responde com muita receptividade, uma grande entrega e agora é hora de assimilar bem o resultado e saber que não ganhamos nada e ainda faltam jogos difíceis" - disse.

O Flamengo agora volta as suas atenções para a partida do fim de semana pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-PR, às 16h. O jogo acontece no domingo (27), na Ilha do Urubu

VAVEL Logo