Réver comemora vitória e desabafa após gol marcado: "Grito estava engasgado"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Nesta quarta-feira (14), o Flamengo bateu a Ponte Preta por 2 a 0 na estreia da Ilha do Urubu. Com gols do zagueiro Réver e Leando Damião, o resultado serviu para dar um alívio na pressão que o time vinha recebendo por causa de maus resultados, e principalmente à Zé Ricardo, que se mantém no comando da equipe rubro-negra. Agora o Flamengo ocupa a 10ª posição com dez pontos em sete jogos.

O capitão Réver que marcou o primeiro gol da partida e da Ilha do Urubu, em entrevista após a partida, afirmou que vitória foi muito importante por conta do momento em que o Flamengo vive no Campeonato Brasileiro. São sete jogos, duas vitórias, quatro empates e uma derrota.

"Fico feliz (de ter feito o primeiro gol da Ilha do Urubu), mas independentemente de ter feito o gol, acredito que seria de muita importância independentemente de quem marcasse, ainda mais pelo momento. Extravasei com companheiros e a torcida, já que grito tava engasgado não só em nós, mas na torcida também. Fico feliz em poder voltar a marcar um gol", disse.

De um time com algumas mudanças comparado ao que jogou a final do Campeonato Carioca, para Réver o poder coletivo e confiança que os jogadores do elenco possuem sobre o Zé Ricardo foram importantes para que o bom resultado viesse.

"A gente vem desde o início do ano tendo essa mescla de jogadores atuando, devido a muitos jogos e cansaço. O Zé tem o elenco muito forte e tem a confiança de todos, então esse rodízio é natural, ainda mais quando você acaba tendo resultado. Ele sabe da capacidade que cada jogador ele tem em mãos e vem utilizando dessa maneira", declarou o capitão da equipe rubro-negra.

Agora o Flamengo tem um clássico pela frente. No próximo domingo (18), ele encara o Fluminense, no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo