Fabiano Soares lamenta fracasso do Atlético-PR no Brasileiro: "Derrota sempre dói"
Derrota para o Flamengo pôs fim à sequência invicta de cinco jogos do Furacão (Foto:  Fabio Wosniak/Atlético-PR)

Na tarde deste domingo (27), Atlético-PR foi superado por 2 a 0 ao visitar o rival Flamengo na Ilha do Urubu. Apesar das tentativas, o Furacão se desestruturou pouco após Diego abrir o placar para os cariocas; Willian Arão ampliou poucos minutos depois. 

Após o apito final da partida, Fabiano Soares aproveitou para fazer uma breve análise do confronto na Ilha do Urubu. O treinador do Furacão lamentou as chances perdidas pela equipe paranaense e destacou o equilíbrio entre os rubro-negros em campo até o gol carioca.

"A gente estava bem organizado até o zero a zero, com os dois times enfrentando dificuldades e criando. Infelizmente, eles encontraram um gol de presente, o que acabou facilitando a vida deles e nos desorganizando como equipe. Infelizmente, tivemos algumas ocasiões, mas não conseguimos", afirmou.

Em entrevista pós-jogo, o comandante do Atlético-PR lamentou o resultado negativo contra o Flamengo, mas preferiu dar ênfase à sequência do clube no Campeonato Brasileiro. Para Fabiano, o essencial é seguir trabalhando para manter a competitividade diante do Coritiba, rival estadual e próximo adversário no torneio.

Na Ilha do Urubu, Furacão foi superado pelo Flamengo de Guerrero (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Na Ilha do Urubu, Furacão foi superado pelo Flamengo de Guerrero (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

"A derrota sempre dói, principalmente com um gol que o Flamengo não tinha mérito nenhum. Eles fizeram, e claro que a gente fica chateado. Depois nos desorganizamos. O treinador fica triste, isso é coisa do futebol e passa. O próximo jogo é daqui duas semanas. Vamos melhorar para conseguir vencer nosso rival em Coritiba", completou o treinador.

Ao final da coletiva, o comandante também declarou ter pontuado alguns erros na organização rubro-negra, mas preferiu manter sigilo. Em tentativa de preservar o elenco do Furacão, Fabiano garantiu que todas as falhas serão corrigidas internamente. 

"Faltou outra coisa, mas temos que falar dentro do nosso CT. Mérito também do Flamengo. Acho que algumas coisas poderiam ser melhores, mas não conseguimos. É corrigi-las para não passar isso nos próximos jogos", finalizou.

O Atlético-PR tem confronto marcado em duas semanas, no domingo (10). Em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Furacão recebe o rival Coritiba para um dos clássicos mais tradicionais do país, na Arena da Baixada.

VAVEL Logo