Novamente com bom público no Mineirão, Cruzeiro recebe Villa para seguir invicto no Mineiro

Raposa tem boa média neste começo de ano, com mais de 100 mil torcedores em três jogos, e vai ver o Mineirão mais uma vez cheio neste sábado, às 16h30, contra o Leão do Bonfim

Novamente com bom público no Mineirão, Cruzeiro recebe Villa para seguir invicto no Mineiro
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Cruzeiro
Villa Nova
Cruzeiro: Fábio; Edílson, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Rafinha, Mancuello e Arrascaeta; Fred.
Villa Nova: Renan; Marcelo Tchê, Gustavo Japa, Rafael Vítor e Maninho; Elias Ceará, Otávio, Carrara, Paulo Vitor e Felipinho; Pinguim.
ÁRBITRO: Felipe Fernandes Lima, auxiliado por Douglas Almeida Costa e Marcyano da Silva Vicente.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, a ser disputado no Mineirão, às 16h30 do dia 17 de fevereiro.

Depois de bater o Democrata fora de casa, o Cruzeiro vai voltar ao Mineirão para atuar diante da sua torcida. Neste sábado (17), a Raposa receberá o Villa Nova às 16h30, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, em jogo que coloca mais uma vez a invencibilidade celeste no torneio à prova, além da liderança do Estadual.

Com 16 pontos, a Raposa está na ponta da competição, seguida pelo América, com 13. Dos seis jogos que realizou até então em 2018, a equipe celeste venceu cinco e empatou um, sendo o único time que ainda não perdeu na atual edição do Mineiro. Na última rodada, os cruzeirenses venceram o Democrata por 2 a 0, com gols do meia Mancuello e do lateral Marcelo Hermes.

O Villa, por sua vez, é o quarto colocado do Estadual. Com nove pontos somados, o Leão do Bonfim perdeu uma posição nesta rodada após a vitória do Boa Esporte sobre o Uberlândia nessa sexta e por isso quer retomar o lugar atrás do Coelho. A equipe de Nova Lima vem de duas vitórias seguidas, sobre Tupi (3 a 1) e URT (3 a 2).  

Cruzeiro tem Dedé relacionado pela primeira vez no ano e Mancuello em nova posição

O Cruzeiro deve contar com casa cheia mais uma vez neste sábado. Mais de 100 mil torcedores já compareceram aos três duelos realizados pela equipe no Mineirão em 2018 e um bom público deve encher o Gigante da Pampulha no duelo entre Cruzeiro e Villa. Nessa sexta, a Raposa divulgou a parcial de 32.500 entradas garantidas.

Para a partida, uma cara nova entre os relacionados: pela primeira vez no ano, o zagueiro Dedé vai ser convocado para um duelo do time. O defensor estava sem jogar desde maio de 2017, recuperando-se de um edema no joelho esquerdo. Apesar de ser opção, o atleta não deve jogar já neste sábado, mas terá um retorno natural de acordo com Mano Menezes.

O meia Thiago Neves segue indisponível para o treinador da Raposa. Ele já vinha sendo preservado visando a Copa Libertadores por um desgaste muscular e assim deve continuar até a próxima semana. Os atacantes Sassá e David, além do lateral Ezequiel, estão na preparação física, ao passo que o volante Bruno Silva sofreu um corte no pé e está à espera da cicatrização.

Contra o Villa, o meia Mancuello será mantido no time titular, porém com uma mudança de posição. Frente ao Democrata, o argentino fez dupla de volantes com Henrique, mas, diante do Leão do Bonfim, o meia jogará avançado, ao lado de Arrascaeta e Rafinha.

“Sobre Mancuello, está dentro do que a gente queria ver dele. Estamos colocando agora para ver suas reações, jogando numa função, depois em outra função. Vamos conhecendo as características do jogador e casando com as que temos aqui”, afirmou o técnico Mano Menezes

O Cruzeiro deve começar, neste sábado, atuando com Fábio; Edílson, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Rafinha, Mancuello e Arrascaeta; Fred.

Com duas baixas, Villa Nova espera manter sequência de vitórias

O Villa marcou sete gols no Mineiro até então, dos quais seis foram apenas nos dois últimos jogos do Leão do Bonfim. A equipe do técnico Ito Roque, com essa sequência, chegou à terceira colocação, atrás de Cruzeiro e América, após iniciar o Estadual de forma instável.

Na última rodada, apesar do placar de 3 a 2 impresso sobre a URT, o Villa Nova terminou o jogo com dois atletas a menos, jogadores que serão desfalques para o comandante alvirrubro neste sábado. São eles o volante Marzagão e o atacante Leozinho, que não enfrentam o Cruzeiro no Mineirão.  

Com as baixas, o Villa Nova pode ir a campo contra o Cruzeiro com Renan; Marcelo Tchê, Gustavo Japa, Rafael Vítor e Maninho; Elias Ceará, Otávio, Carrara, Paulo Vitor e Felipinho; Pinguim.