Roberto Fernandes comemora vantagem obtida pelo Náutico: "Pequena, mas muito boa"
Foto: Léo Lemos/Náutico

Na noite desta quarta-feira, o Náutico saiu na frente no confronto da terceira fase da Copa do Brasil contra o Cuiabá na Arena de Pernambuco, vencendo por 2 a 1. A vitória foi muito comemorada pelo técnico Roberto Fernandes, que destacou a dificuldade imposta pelo adversário, além de acreditar que a maneira de jogar dos cuiabanos na Arena Pantanal será mais ofensiva.

"É uma competição muito aguerrida e já tinha alertado isso. Enfrentamos uma equipe muito forte e que faz uma marcação individual muito difícil no campo inteiro. Não é a toa que eles perderam apenas uma partida no ano (na Copa Verde). A vantagem, apesar de pequena, é muito boa.  Acredito, inclusive, que o Náutico vai criar mais chances no jogo de volta, porque eles terão que sair mais para o jogo", apontou o treinador alvirrubro.

Perguntado sobre o equilíbrio entre os times, Roberto lembrou que a partida pode servir como uma "prévia" para o nível da Série C. Inclusive, é possível que as equipes se confrontem novamente no mata-mata da competição, já que um possível cruzamento pode acontecer por estarem em grupos diferentes na fase classificatória.

"Essa partida serve para ter uma ideia do nível da Série C. Os times não podem ficar pensando em questão de camisa, porque todos são muito nivelados. A unica equipe que fugiu a regra foi o Fortaleza, que enquanto esteve na Série C, manteve um orçamento de equipe de Série B. É preciso valorizar sempre os três pontos, porque serão jogos muito pegados", finalizou.

VAVEL Logo