Aylon deixa banco, garante vitória do América-MG sobre Democrata e chega à vice-artilharia do Mineiro
Aylon marcou o segundo da vitória americana por 2 a 1 (Foto: Mourão Panda/América-MG)

A Arena Independência teve um dia bastante agitado. Neste domingo (4), o estádio recebeu o clássico entre Atlético e Cruzeiro pela manhã, finalizando suas atividades com o dono da casa à tarde. Às 17h, o América recebeu o Democrata e venceu o time de Governador Valadares por 2 a 1, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Mineiro. Serginho e Aylon marcaram para os mandantes, enquanto Fernando deixou o dele para a Pantera.

Mesmo com a vitória, o Coelho já não pode mais alcançar o Cruzeiro. Isso porque a Raposa lidera o Estadual com 25 pontos, enquanto o América é o segundo, agora com 17, restando apenas duas rodadas para o fim da primeira fase do Mineiro. Para o Democrata, o revés resultou na queda da Pantera para a lanterna, com sete pontos.

O América segue em casa no Campeonato Mineiro, já que, na próxima rodada, receberá a Caldense. O duelo entre Coelho e Veterana está marcado para quarta (7), às 19h30, no Independência. O Democrata também vai lutar em seus domínios ao receber o Villa Nova, às 20h30.

América vence Democrata e se mantém na vice-liderança

Um primeiro tempo agitado tomou conta do duelo entre Coelho e Pantera na Arena Independência. Com 15 minutos da etapa inicial, o zagueiro Messias salvou o América duas vezes seguidas em tentativas consecutivas de Alex Tanque, mas, um minuto depois, quem inaugurou o marcador de fato foram os donos da casa. 

Pela esquerda, o lateral Giovanni descolou um cruzamento direto para a área do Democrata. Em seguida, Gerson Magrão escorou de cabeça para Serginho, que, na segunda trave, abriu o placar. Pouco depois, o autor do tento alviverde voltou a assustar, mas, desta vez, melhor para o goleiro Thiago, que defendeu finalização rasteira.

Serginho foi quem abriu o marcador para o América-MG (Foto: Mourão Panda/América-MG)

Aos 26, o Democrata empatou em cobrança de pênalti. Após chute de Romarinho de longe, o zagueiro Messias, do América, interceptou a trajetória da bola com o braço, e a penalidade foi sinalizada. Logo em seguida, o meia Fernando foi para a cobrança e mandou no canto esquerdo de Glauco, deixando tudo igual na marca dos 27 minutos. As equipes foram para o intervalo com o jogo empatado em 1 a 1.

No decorrer do segundo tempo, o técnico Enderson Moreira sacou Aylon do banco de reservas, e o artilheiro da equipe no ano fez valer a boa fase. Aos 22, o atacante alviverde recebeu bola escorada na esquerda por Rafael Moura e soltou uma bomba contra a meta de Thiago, que não conseguiu fazer. Com o tento, Aylon chegou ao seu quarto gol no Mineiro, assumindo a vice-artilharia do Estadual.

VAVEL Logo