Após vitória diante do Bahia, Roberto Fernandes não poupa elogios ao elenco

Náutico venceu o Bahia na Arena de Pernambuco por 1 a 0. Robinho marcou fez o gol da equipe mandante

Após vitória diante do Bahia, Roberto Fernandes não poupa elogios ao elenco
(Foto:Divulgação/Náutico)

Sem economizar nos elogios, o técnico Roberto Fernandes avaliou a sua equipe após a vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, na Arena de Pernambuco, que deixou viva a esperança do Náutico de avançar às quartas de final da Copa do Nordeste.

Com chances de passar na fase da Copa do Nordeste, os alvirrubros entram em campo na  quarta-feira contra o Cuiabá precisando apenas de um empate para avançar a quarta fase da Copa do Brasil. No dia 18, o Timbu enfrenta o Afogados, na Arena de Pernambuco, pelo Campeonato Pernambucano.

Fora os elogios comuns, Roberto destacou a entrega da equipe. 

"Tiro o chapéu e dou os parabéns em público pela raça desse grupo e dessa molecada. Digo sempre que só com vontade não se chega às vitórias, mas sem ela não se chega a lugar nenhum. A força de vontade desse grupo é imensa. Hoje foi bonito de ver o que esses meninos fizeram para superar um adversário de Série A" avaliou o técnico alvirrubro

Para tentar surpreender o Bahia, Roberto Fernandes promoveu mudanças na escalação do Náutico. Com a camisa 10 e a faixa de capitão, Wendel realizou a primeira partida pelo alvirrubro. Procurando mais qualidade no passe, Roberto também acionou o retorno de Jobson a equipe titular. 

"O Bahia é um time muito qualificado e tem como um dos pontos fortes o meio de campo. E nós não poderíamos ter o mesmo número de jogadores nesse setor. Tínhamos que ter um a mais. Mas não apenas um jogador de marcação, mas que quando tivessem com a bola chegassem ao ataque. Por isso a opção pelo Wendel e pelo Jobson, que vinha treinando e se credenciando em busca de uma nova oportunidade. Além disso, ele tem também a questão da bola área, outro ponto forte do Bahia", comentou o comandante alvirrubro