Hercílio Luz reage com três gols no segundo tempo e alcança empate diante do Joinville
Foto: Divulgação / Joinville EC

Na noite deste sábado, no estádio Aníbal Costa em Tubarão, no Sul catarinense, o Hercílio Luz recebeu o Joinville. A partida foi válida pela 14ª rodada, pertencente ao returno do Campeonato Catarinense 2018. O Leão do Sul está na luta rodada a rodada contra o rebaixamento e vai se mantendo fora da zona, a depender de outros resultados. Já o Joinville está em situação intermediária, longe da luta pela liderança e distante da parte de baixo. O empate em casa foi um jogo maluco para o Hercílio, que esteve atrás no placar o tempo todo, até conquistar a igualdade no fim. O placar final ficou em 3 a 3.

O Joinville saiu em vantagem com 2 a 0 no primeiro tempo. Graças ao atacante Lima, estrela do segundo tempo com dois gols marcados, sendo ele quem sofreu o pênalti do empate, o Hercílio Luz buscou o placar que lhe favorece em mais um ponto na luta contra a queda. O Joinville soma 18 pontos e está em 4º. O Hercílio Luz soma apenas 14 e está em 8º, uma posição acima da zona de descenso. Posições que demonstram o equilíbrio do campeonato estadual de Santa Catarina.

Na próxima rodada, páreo duro a ambos os times. O Joinville recebe o vice-líder Figueirense. O Leão do Sul joga fora de casa contra a Chapecoense, lá no oeste.

Jogo de seis gols movimenta noite de sábado

O jogo iniciou com o Joinville tentando controlar o meio de campo, mas o time da casa tentava com mais objetividade, jogando para área, sem encontrar chances claras. Hercílio Luz chegou pela primeira vez aos 20 minutos quando Lima disparou um chute forte pela linha de fundo. Em seguida, a resposta do JEC foi fatal. Grampola recebeu lançamento, saiu da chegada do goleiro e empurrou para as redes: 1 a 0.

A reação local só veio aos 33 em um escanteio. O goleiro do Joinville saiu errado e Lazio precisou afastar para evitar o tento dos tubaronenses. Matheusinho tocou para Tiago Pará e no disparo o goleiro Emerson fez grande defesa.

No final do primeiro tempo, aos 42 minutos, Alex Ruan fez bela jogada, tocou de cabeça e Eduardo Person terminou com mais uma bela finta e o toque esperto para o fundo das redes: 2 a 0 ao Joinville.

No início do segundo tempo, o Joinville perdeu chance de liquidar o jogo quando Grampola chutou e o zagueiro do Hercílio Luz salvou sobre a linha. Mas havia luz, havia Luz no fim do túnel. O time da casa reagiu. Após algumas trocas no esqueleto das equipes, o artilheiro Lima deu as caras. O atacante descontou para os tubaronenses. O Leão do Sul voltava ao jogo.

Mas o descendente de alemão Michel Schmoller apareceu em escanteio e a bola parada foi crucial para mais um gol. Subiu com liberdade e cabeceou para o fundo das redes, ampliando para o Tricolor do Norte catarinense: 3 a 1. Mal houve tempo da comemoração e a atenção voltou para o estádio Aníbal Costa, onde ninguém arredava pé. Aos 22 minutos, um giro do cronômetro após o gol do Joinville, mais um do Hercílio: Levi descontou novamente: 3 a 2.

O jogo ficou tenso. Mais trocas foram feitas pelos dois lados. Eduardo Person, autor de um dos gols do JEC, saiu e entrou Renan Teixeira. Murilo Rangel deu lugar a Kanu. Mas o JEC não conseguiu sustentar a vantagem que havia sido grande. Pênalti sofrido por Lima aos 38 minutos do segundo tempo. O artilheiro chamou a responsabilidade e cobrou firme: 3 a 3.

Na chance da virada histórica, o goleiro Emerson abandonou a área e saiu com os pés para conter ataque do Hercílio. Apesar da reação local, marcando três vezes na etapa final, o placar foi consagrado nos incríveis 3 a 3. Uma partida para os torcedores acreditarem na saída do rebaixamento. Mas, por enquanto, o Hercílio está na oitava colocação e fica de olho nos concorrentes diretos.

VAVEL Logo