Advogado de Gustavo Scarpa entra com recurso no TST pedindo anulação de julgamento
(Foto: Divulgação / Palmeiras)

A batalha judicial de Gustavo Scarpa com o Fluminense ganhou um novo capítulo. Após o Tricolor conseguir derrubar a liminar que liberava o vínculo do jogador com o clube e ter o contrato reativado, a defesa de Scarpa entrou com um recurso no Tribunal Superior do Trabalho (TST) pedindo a anulação do julgamento no Rio de Janeiro. 

A decisão do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT), que deu a vitória ao Fluminense por 5 a 4, ainda não é definitiva, visto que a ação trabalhista que o jogador deu entrada em dezembro continua em trâmite normal. 

O advogado do jogador, Maurício Corrêa da Veiga, tenta reverter a decisão e liberá-lo novamente para jogar no Palmeiras. O recurso da defesa foi apresentado na noite da última segunda-feira (19) e ainda não tem data para ser apreciada. 

Para a defesa do atleta, os atrasos de pagamento são claros e não há discussão. O jogador entrou com a ação na justiça em dezembro de 2017, alegando atraso de quatro meses de direito de imagem e seis meses de FGTS. 

O Palmeiras, clube para qual o jogador se transferiu em janeiro, não se envolve diretamente na questão, mas presta suporte jurídico como parte interessada. Financeiramente, o clube se vê protegido, pois no acordo assinado em janeiro entre Scarpa e Palmeiras, há uma cláusula em que diz que os empresários se comprometem a bancar qualquer valor - como uma possível cobrança de multa - ao Fluminense.

VAVEL Logo