São Paulo passa sufoco, mas vence São Caetano e garante vaga nas semifinais do Paulistão

Tricolor teve dificuldades para criar jogadas, mas contou com falha incrível do goleiro adversário e conseguiu dois gols de diferença

São Paulo passa sufoco, mas vence São Caetano e garante vaga nas semifinais do Paulistão
Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net
São Paulo
2 0
São Caetano
São Paulo : Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Lzziero (Diego Souza), Valdivia (L. Fernandes), Nenê e M. Guilherme (Caique); Trellez. Técnico: Diego Aguirre
São Caetano: Paes; A. Reinaldo (Pedro), Sandoval, Max e B. Recife; V. Kiss, Ferreira e Diego Rosa (Marino); Chiquinho, Nonato (Niltinho) e Erminio. Técnico: Pintado
Placar: 1-0, trellez. 2-0, diego souza.
ÁRBITRO: Salim Fende Chavez.
INCIDENCIAS: PARTIDA DE VOLTA DAS QUARTAS DE FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA, DISPUTADA NO ESTÁDIO DO MORUMBI, EM SÃO PAULO-SP.

Foi no sufoco, foi difícil, mas o São Paulo está na semifinal do Campeonato Paulista 2018. Isso, graças à vitória desta terça-feira (20) por 2 a 0 sobre o São Caetano, no estádio do Morumbi, com gols de Trellez e Diego Souza.

Agora, o Tricolor aguarda os outros classificados para saber quem será o adversário da próxima fase, que tem a primeira partida marcados já para o próximo final de semana. O Azulão, por sua vez, vai se preparar para jogar a Série D do Brasileirão, que começa no dia 22 de abril.

São Paulo pressiona, mas não marca no primeiro tempo

A primeira etapa começou com o Tricolor logo indo pra cima do Azulão em busca do gol e com um minuto, Trellez arriscou de fora da área e obrigou uma linda defesa do goleiro Paes.

Os donos da casa continuaram pressionando, mas aos poucos, perdiam a força pela forte marcação dos visitantes e pela falta de criatividade dos jogadores ofensivos do São Paulo. A equipe de Pintado apostava nos contra-ataques, porém errava demais o último passe que favoreceria a finalização das jogadas.

Depois foi a vez de Liziero arriscar de fora da área, depois de roubada de bola do Tricolor no campo de ataque, mas o jovem volante mandou pra fora. O São Caetano também chegou com perigo quando Chiquinho passou por dois defensores, mas errou o passe para Erminio.

Em novo ataque do Tricolor, Militão cruzou na área, Paes errou completamente o tempo de bola e Bruno Alves cabeceou pra fora, perdendo boa chance. Já no fim da primeira etapa, o São Paulo reclamou de penalidade máxima em lance envolvendo Reinaldo e Sandoval, mas a arbitragem mandou seguir.

Atacantes decidem e São Paulo garante vaga

No segundo tempo, o Tricolor voltou a ter muita intensidade em busca do primeiro gol, mas continuava a encontrar muitas dificuldades na organização de jogadas. A primeira mexida de Diego Aguirre foi a entrada de Lucas Fernandes no lugar de Valdivia ,que saiu com lesão muscular.

O jovem meio-campista entrou muito bem na equipe e deu mais mobilidade no ataque são-paulino, quase marcando um golaço em jogada individual, passando por dois adversários e mandando a bola muito perto do gol. Os visitantes mantinham a sua filosofia de jogo com o time muito bem postado defensivamente e apostando em contra-ataques, mas construindo muito pouco e sequer incomodando o goleiro Sidão.

Em certo momento da partida, o empate parecia que não sairia do placar, quando em bola completamente despretenciosa, Trellez pressionou o goleiro Paes, que demorou para afastá-la. Assim, perdeu para o atacante, que só precisou escorar para o fundo do gol e dar muito alívio para todos da equipe e principalmente da torcida.

O São Caetano então tentou ir pra cima e tentar um tento que lhe daria a classificação, mas não conseguia ser perigoso. Já o Tricolor não se satisfez com um gol de vantagem e foi pra cima com mais uma mudança: a entrada de Diego Souza no lugar de Liziero, que fez boa partida.

Não demorou muito e o São Paulo conseguiu seu segundo gol em ótima jogada de Nenê, que passou de calcanhar para Lucas Fernandes. O jovem cruzou na medida, Diego Souza antecipou o defensor e cabeceou para o gol. a bola ainda bateu na trave antes de ultrapassar a linha para delírio da torcida tricolor.

Nos minutos finais, o Azulão tentou um último esforço para levar a partida para as penalidades, mas não obteve sucesso. Dessa forma, o São Paulo garantiu a suada vaga nas semifinais do Campeonato Paulista 2018.