Aguirre minimiza 'atrito' entre goleiros do São Paulo e afirma: "São coisas mínimas"

Além do conflito, técnico comentou sobre conversa que teve com Diego Souza

Aguirre minimiza 'atrito' entre goleiros do São Paulo e afirma: "São coisas mínimas"
(Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Na tarde desta quinta-feira (22), Diego Aguirre concedeu uma entrevista para o programa “Seleção SporTV” e foi questionado sobre Diego Souza e sobre o atrito entre os goleiros do São Paulo

Em processo de adaptação, Aguirre tem dois jogos pelo Tricolor, contando com uma vitória e uma derrota sobre o São Caetano. No último jogo, apesar da classificação para a semifinal do Campeonato Paulista, os torcedores mostraram insatisfação, pois o time mostrou um futebol apático e com uma certa desorganização tática.  

Uma das maiores contratações do São Paulo para a temporada foi Diego Souza, mas o jogador ainda não se encontrou no time. Em 15 partidas disputadas, apenas marcou em três oportunidades, o que decepciona todos que colocaram esperança no meia. Ele também atuou na última partida e foi responsável pela classificação, depois de nove jogos sem balançar as redes. No entanto, o treinador tenta encaixá-lo e disse que conversou com o atleta para melhorar seu rendimento. 

"Eu conversei com ele (Diego Souza). Gosto de perguntar aos jogadores onde se sentem melhor, pois a informação é fundamental para que se sinta à vontade onde tem que jogar, mas às vezes a necessidade te faz jogar mais à frente. Às vezes não é possível pelas características do time, às vezes ganha umas coisas mas perde outras. Então, temos de ver o que é melhor para o time. Vai depender dele na hora de jogar e demonstrar", disse o técnico. 

Nas redes sociais, os goleiros Sidão e Jean trocaram farpas por mensagens cifradas e nesta quarta-feira (21). Assim, o São Paulo reuniu ambos para uma conversa. Vale lembrar que o problema entre os arqueiros surgiu após a falha de Jean no sábado, na derrota por 1 a 0 para o São Caetano, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista, e no domingo, Sidão publicou um vídeo com defesas pessoais. Aguirre comentou sobre o caso. 

"Não tem nenhuma importância. São coisas mínimas. Às vezes se fala muito mais do que é. Não estamos focados nesse assunto, temos outras coisas muito mais importantes. Em todos os times têm algumas diferenças, são normais.”

Para finalizar, o técnico falou sobre a cobrança e as informações que possui do grupo. As características dos jogadores e futuros reforços também são pautas, e Aguirre pede um pouco mais de paciência e fala sobre pressão. 

"Pegamos muitas informações quando vim para o São Paulo e o clube está com pressão para ganhar, o que é normal. Sobre jogadores do elenco, não posso dar opinião definitiva, porque não conheço todos. O jogador tem que mostrar que tem de ficar. Talvez possamos incorporar alguns jogadores, mas ainda é cedo para tirar conclusões”, concluiu o comandante.