Em Atletiba decisivo, Atlético-PR vence e conquista Campeonato Paranaense 2018
Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial CAP

Em Atletiba decisivo, Atlético-PR vence e conquista Campeonato Paranaense 2018

Furacão derrotou o maior rival por 2 a 0 sagrou-se campeão estadual pela 24ª vez na história

talin-vasconcellos
Talin Vasconcellos
Atlético-PRCAIO; DIEGO FERREIRA, ZÉ IVALDO, LÉO PEREIRA E RENAN LODI; DEIVID, BRUNO GUIMARÃES E MATHEUS ANJOS (YAGO, MIN. 67); JOÃO PEDRO (EMERSON SILVA, MIN. 83), MARCINHO E ÉDERSON (ALEX, MIN. 80). TÉCNICO: TIAGO NUNES.
CoritibaWILSON; MARCOS MOSER, ROMÉRCIO, THALISSON KELVEN E LÉO ANDRADE; JOÃO PAULO, JULIO RUSCH, MATHEUS GALDEZANI E THIAGO LOPES (KADY, MIN. 21); PABLO (IAGO DIAS, MIN. 72; ALECSANDRO, MIN. 77) E KLÉBER. TÉCNICO: SANDRO FORNER.
Placar1-0, BRUNO GUIMARÃES, MIN. 47; 2-0, EDERSON, MIN. 56.
ÁRBITROFELIPE GOMES DA SILVA (PR). CARTÕES AMARELOS: BRUNO GUIMARÃES, RENAN LODI E DEIVID (ATLÉTICO-PR); MATHEUS GALDEZANI E JOÃO PAULO (CORITIBA).
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA FINAL DO CAMPEONATO PARANAENSE 2018. FOI DISPUTADA NESTE DOMINGO (8), ÀS 16H, NA ARENA DA BAIXADA, EM CURITIBA, PARANÁ.

Neste domingo (8), na Arena da Baixada, o Atlético-PR triunfou sobre o Coritiba por 2 a 0 e conquistou o Campeonato Parananense de 2018. Bruno Guimarães e Ederson foram os responsáveis pelos tentos que garantiram o título do rubro-negro. O segundo marcou o seu nono gol na competição e garantiu a artilharia.

Após perder por 1 a 0 no Couto Pereira, o Furacão precisava de pelo menos um gol para igualar a decisão e levá-la para as penalidades, mas venceu por mais de um gol de diferença, conquistou o título e diminuiu a hegemonia do rival construída desde 2008. A última vez que o Atlético conquistou o Estadual foi em 2016.

Embora a equipe tenha abdicado de usar suas principais peças no Parananense para dedicar-se à Copa do Brasil, a campanha do time alternativo comandado por Tiago Nunes foi excelente. O desempenho dentre os dois turnos e as decisões apenas somou apenas uma derrota, que foi domingo passado(01), quando perdeu para o Coritiba na primeira decisão da final.

A primeira etapa iniciou como o esperado. Furacão que precisava da vitória tomava a iniciativa, enquanto o Alviverde adotava uma postura mais ofensiva para administrar a vantagem construída na primeira etapa. O Alético teve três ótimas oportunidades para igualar a decisão. Aos 11, Diego cabeceou e Thalisson Kelven salvou. Logo em seguida, aos 13 minutos, Deivid perdeu chance clara em defesa colossal de Wilson. Aos 36, Marcos Moser cortou chute de João Pedro em cima da linha.

Mesmo com grandes chances desde o início, o gol do time da casa só saiu na última jogada dos primeiros 45 minutos. Bruno Guimarães limpou a marcação, invadiu a área adversário e tocou na saída de Wilson para fazer o 1 a 0 para o Atlético. O primeiro tempo do cotejo também foi marcado por polêmicas com arbitragem.

A volta ao campo foi marcado pela continuação da superioridade do Atlético. Logo aos 11 minutos do segundo tempo, Renan Lodi cruzou, e Ederson marcou de calcanhar para ampliar o placar. 2 a 0 para o time da casa. Com o gol, Coritiba até conseguiu crescer em poucos momentos, mas não marcou na falta de João Paulo e no chute de Pablo. Furacão continuou melhor e teve chances para liquidar o jogo, não conseguiu, mas foi o suficiente para garantir a taça.

O título do Furacão foi incontestável. A equipe somou uma campanha vitoriosa e com números expressivos de superioridade. Foram 9 vitórias, 5 empates e somente uma derrota, que foi no penúltimo jogo. O rubro-negro marcou incríveis 26 gols. O Atlético-PR vive um grande momento. Além da conquista do Estadual, classificou-se para as oitavas de final da Copa do Brasil e garantiu a vantagem para o segundo jogo contra o São Paulo, que será dia 19, no Morumbi.

VAVEL Logo

    Atlético PR Notícias

    há 5 dias
    há 5 dias
    há 7 dias
    há 11 dias
    há 13 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 17 dias
    há 17 dias
    há 18 dias
    há 20 dias