Em derrota para Grêmio, Cruzeiro estreia nova camisa que dividiu torcedores nas redes sociais
Nova camisa do Cruzeiro para a temporada (Foto: Agência i7/Mineirão)

Na derrota por 1 a 0 para o Grêmio na abertura do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, deste sábado (14) o Cruzeiro estava de roupa nova. O clube celeste utilizou pela primeira vez a sua nova camisa branca, que faz parte de uma nova linha da fornecedora de material esportivo, a Umbro.

+ Umbro Nations: fornecedora lança camisas em homenagem às seleções que disputarão a Copa

A linha “Umbro Nations – O futebol nos une” reúne os clubes para fazer uma homenagem a seleções que vão disputar o Mundial na Rússia. O projeto reuniu Atlético Paranaense, Avaí, Bahia, Chapecoense, Cruzeiro, Grêmio e Santos. Cada um teve a oportunidade de homenagear uma Seleção.

Nova camisa da Raposa para 2018 (Foto: divulgação/Cruzeiro)
Nova camisa da Raposa para 2018 (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

O modelo desenvolvido para o Raposa é chamado de Blár Víkingur, em homenagem à Islândia. De acordo com a Umbro, o manto branco que simboliza duas grandes vitórias: do povo que cruzou o Atlântico e desembarcou Brasil adentro, nas Minas Gerais, fundando assim o Cruzeiro e, da Islândia, lugar de Vikings, lutadores e desbravadores que chegaram à terra do gelo, onde fizeram morada.

A camisa contém detalhes em azul e vermelho, acompanhada de uma tradicional gola careca em efeito contrastante, combinando também com os punhos. Nas mangas, é perceptível a estilização embossing com o logo da fornecedora e o nome do clube.

Torcedores divididos nas redes sociais

O clube divulgou em suas redes sociais a novidade. A receptividade da nova camisa foi bem dividida. Enquanto alguns torcedores comentaram elogiando a peça, outros criticaram fortemente a camisa. Dentre os que não gostaram, as principais reclamações foram ao detalhe vermelho na altura do peito.

Outra crítica nem foi em si sobre a camisa, mas sim sobre o país escolhido para a homenagem. Os torcedores que comentaram os posts na internet se manifestaram que gostariam de ver uma camisa homenageando a Itália, pois o país tem uma ligação muito forte com a fundação do Cruzeiro. Porém, a Azzura não conseguiu se classificar para o mundial da Rússia.

Furacão não usará seu modelo

E não foi só no Cruzeiro que a linha Nations da Umbro causou polêmica. A camisa desenvolvida para o Atlético-PR, em homenagem à Espanha, desagradou a maioria da torcida do Furacão. Na tarde deste sábado, o clube emitiu nota oficial dizendo que a diretoria do clube não aprovou o modelo feito pela fornecedora e que o clube não venderá nem usará o modelo em campo.

(Foto: divulgação/Umbro)
(Foto: Divulgação/Umbro)

Confira a nota do Atlético-PR:

Fornecedora oficial dos uniformes do Atlético Paranaense, a Umbro lançou uma coleção de camisas para celebrar grandes nações do futebol mundial, chamado de projeto Nations.  O desenho da camisa atleticana, amarela com detalhes em vermelho, não foi aprovado pelo Clube. Desta forma, o Furacão não utilizará e nem comercializará a camisa lançada nesta última sexta-feira (13).
 A Direção

VAVEL Logo