Lesão de Luiz Fernando abre disputa entre Leandro Carvalho e Rodrigo Pimpão por titularidade
(Foto:Arte/VAVEL Brasil)

Lesão de Luiz Fernando abre disputa entre Leandro Carvalho e Rodrigo Pimpão por titularidade

Jogadores brigam para ser opção de Alberto Valentim e preencher lacuna no ataque do Botafogo

marcus-carvalho
Marcus Carvalho

A lesão de Luiz Fernando na final do Campeonato Carioca vai afastá-lo dos gramados por 3 semanas. O jogador, que foi o maior investimento do clube na temporada, se transformou em peça fundamental na reta final do Campeonato Estadual vencido pelo Botafogo. Para preencher lacuna no lado direito do ataque alvinegro Alberto Valentim poderá optar por jogadores com características diferentes: Leandro Carvalho ou Rodrigo Pimpão.

Desde a final do Carioca contra o Vasco, Valentim testou os dois jogadores na posição. Na ocasião, Rodrigo Pimpão foi o substituto e teve uma atuação questionável. O jogador chegou a participar do lance do gol, mas tomou algumas decisões equivocadas durante a partida. Ele voltou a aparecer na partida contra o Audax Italiano, pela Copa Sul-Americana, decidindo o confronto com um no último minuto de partida. Já Leandro Carvalho iniciou a partida da última quarta-feira (11) entre os titulares. O atleta teve uma atuação apagada no primeiro tempo, mas cresceu na segunda etapa imprimindo velocidade e se tornando uma importante arma ofensiva do Glorioso no confronto contra "Los Floridanos".

Leandro Carvalho foi uma aposta da diretoria do Botafogo, que se encaixa dentro de um perfil que o clube definiu na busca de jogadores para o ataque no início do ano: Jovem, veloz, habilidoso e com potencial de gerar receitas para o clube no futuro. Leandro é um jogador que ainda precisa evoluir muito em questões de aplicação tática, porém é um jogador que com sua velocidade e habilidade pode definir uma partida.

A atuação no segundo tempo do jogo contra o Audax Italiano mostra que o o atacante pode ser uma opção interessante de velocidade pelo lado direito abrindo uma opção de jogadas por aquele flanco. Por ser jovem ainda comete alguns erros primários, mas que são corrigíveis, considerando que ele é um atleta de 22 anos. 

Pimpão há algum tempo se mostra um jogador com muito comprometimento tático, o que o torna uma peça muito útil para todos os treinadores que passaram por General Severiano nos últimos anos. Além da velocidade e participação com bons cruzamentos que muitas vezes resultam em assistências, o artilheiro do Botafogo na Copa Libertadores em 2017 é talvez o único jogador de ataque que consiga recompor e ajudar a defesa de maneira satisfatória. Muito cobrado pela torcida, Rodrigo Pimpão anda oscilando na temporada, mas certamente possui características importantes para o elenco.

Alberto Valentim terá tempo até segunda-feira (16) para definir quem vence a disputa pela vaga entre os onze que iniciam a partida contra o Palmeiras pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro no Estádio Nilton Santos. Quem será o escolhido? 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 5 dias
    há 5 dias
    há 5 dias
    há 6 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 13 dias