Quatro anos após negociação, Flamengo recebe dinheiro de venda do atacante Hernane

Transação foi efetuada em agosto de 2014 junto ao Al-Nassr, da Arábia Saudita, e desde então os cariocas tiveram de disputar judicialmente para receber o valor prometido

Quatro anos após negociação, Flamengo recebe dinheiro de venda do atacante Hernane
Buda Mendes/Getty Images

Antes tarde do que nunca: o Flamengo anunciou por meio de suas mídias sociais nesta terça-feira (29) o recebimento integral do valor da negociação de Hernane Brocador com o Al-Nassr, da Arábia Saudita, concretizada em agosto de 2014. Segundo o comunicado, o valor recebido é de € 5 milhões (R$ 21.550.000,00).

Na negociação, o clube árabe se responsabilizou a pagar pelo passe do jogador, divididos em três parcelas. Porém o valor delas jamais foi visto pela diretoria rubro-negra, que entrou na justiça. A partir daí, o Flamengo passou por processos envolvendo a Fifa e a Corte Arbitral do Esporte (CAS), com todas as instâncias resultando em favor do Rubro-Negro.

Inicialmente, o processo ocorreu por conta do não-pagamento de duas das três parcelas referentes ao pagamento de Hernane, totalizando € 3 milhões. Porém enquanto ocorriam as reuniões, a terceira parcela, de € 2 milhões, já havia ultrapassado o prazo de pagamento. Sendo assim, o Flamengo teve direito a receber € 5 milhões.

Um ponto circunstancial para o final feliz do imbróglio foi a penalização ao Al-Nassr por conta das dívidas do clube. No ano passado, a equipe terminou em terceiro lugar no campeonato local e se classificou para a Champions League asiática. Porém, por conta das dívidas do clube - incluindo a compra de Hernane -, o clube não conseguiu obter a licença da federação asiática e não pôde disputar a competição. Em nota, o Flamengo afirmou que os árabes também estavam em iminência da perda de pontos no Campeonato Saudita.

O atacante foi negociado junto à equipe árabe após brilhante passagem pelo Rubro-Negro durante o final de 2012 até 2014. Sua melhor fase foi em 2013, quando marcou 36 gols e se sacramentou como maior artilheiro do país, além de conquistar o título da Copa do Brasil daquele ano.

Veja comunicado do Flamengo na íntegra

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que recebeu, neste 29/05/2018, o valor de €5.000.010,00 (R$ 21.550.000,00) devido pelo clube árabe Al Nassr, por força da transferência do atleta Hernane Vidal de Souza, o “Brocador”, no ano de 2014.

Após vitórias, em primeira instância, na FIFA e, em segunda instância, na Corte Arbitral do Esporte (CAS), e com o início da execução e das penalidades desportivas, o Al Nassr procurou o Flamengo para propor o pagamento da dívida, além dos honorários advocatícios. O clube já havia sido excluído da Champions Liga Asiática 2018 e estava na iminência da perda de pontos no Campeonato Saudita.

De acordo com o Vice-Presidente Jurídico e Procurador Geral do Flamengo, Flávio Willeman, "o Flamengo, por confiar nas bases jurídicas que sustentaram a transação, não tinha dúvidas que receberia a integralidade dos valores devidos".

Sede Gávea