Fortaleza pressiona do início ao fim, mas tropeça e perde para o Oeste no Castelão

Pressionando a todo momento, o Tricolor não consegue chegar ao gol e vê o Oeste marcar em dois contra-ataques; com a vitória, paulistas saem do Z-4

Fortaleza pressiona do início ao fim, mas tropeça e perde para o Oeste no Castelão
Divulgação: Leonardo Moreira/Fortaleza EC
Fortaleza
1 2
Oeste
Fortaleza : MARCELO BOECK; TINGA (WILSON), DIEGO JUSSANI, LIGGER, BRUNO MELO; FELIPE, JEAN PATRICK, DODÔ, MARLON; MARCINHO (WESLEY), GUSTAVO HENRIQUE (JOÃO HENRIQUE)
Oeste: TADEU; DANIEL BORGES, JOILSON, LEANDRO AMARO, CONRADO; LÍDIO, BETINHO; DANIELZINHO (MARCINHO), DANIEL FARIAS (PEDRINHO); BRUNO LOPES, CARLINHOS (NICOLAS CARECA)
Placar: 0-1, MIN. 9, LEANDRO AMARO. 1-1, MIN. 60, FELIPE. 1-2, MIN. 86, PEDRINHO.
ÁRBITRO: GRAZIANNI MACIEL ROCHA (RJ), AUXILIADO POR JOÃO LUIZ COELHO DE ALBUQUERQUE (RJ) E THIAGO HENRIQUE NETO CORREA FARINHA (RJ)
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 12ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B, A SER DISPUTADA NO CASTELÃO, EM FORTALEZA

O Fortaleza perdeu por 2 a 1 para o Oeste, na noite de sábado (23), em pleno no Estádio do Castelão. O líder da Série B pressionou do começo ao fim, mas viu a equipe do Oeste aproveitar melhor as oportunidades, que marcou com Leandro Amaro e Pedrinho. Felipe descontou para os donos da casa.

Apesar da derrota em casa, o Tricolor permanece com uma boa vantagem na liderança, com 27 pontos, quatro a mais que o segundo colocado Avaí. Quem sai satisfeito com placar é a equipe do Oeste. Começando a rodada na zona de rebaixamento, os paulistas pularam para fora da zona da degola e foram para a 16ª posição, com agora 15 pontos.

A equipe do Oeste retorna a campo na terça-feira (26), às 20h30, para enfrentar o vice-líder Avaí, na Arena Barueri. Já o Fortaleza só volta a jogar no sábado (30), contra o Paysandu fora de casa, no Mangueirão.

Fortaleza pressiona, mas é o Oeste que sai na frente

A primeira etapa começou com o Fortaleza partindo mais para cima dos adversários. A equipe nordestina fazia bastante volume no ataque e levava mais perigo com Bruno Melo pelas pontas, mas coube ao zagueiro do Oeste Leandro Amaro abrir o placar.

Logo na primeira jogada de ataque do Oeste, aos 9 minutos, Daniel chegou bem na área e foi desarmado pela defesa do Leão do Pici. No escanteio da jogada, Leandro Amaro se posicionou bem na área e cabeceou sem dificuldades para o gol, marcando seu primeiro gol no campeonato.

Apostando nos contra-ataques, o Oeste recuou mais ainda após o gol. O Fortaleza não deixou abalar o gol levado e continuou pressionando os paulistas, que seguravam bem o ímpeto rival. O time do Leão do Pici quase conseguiu empatar a partida, ainda na primeira etapa.

Marcinho, aos 29, recebeu a bola na entrada da área, limpou a defesa e bateu no gol. Tadeu espalmou para o meio e viu o centroavante Gustavo escorregar na hora da finalização, desperdiçando uma grande oportunidade. Por outro lado, o Oeste quase ampliou o placar. Danielzinho lançou Carlinhos em boa posição e ficou cara a cara com Marcelo Boeck. O goleiro, que estava esperto na jogada, saiu para fazer grande defesa e impedir mais um gol dos paulistas.

Fortaleza empata, mas vê Pedrinho dar a vitória nos minutos finais

Querendo aumentar ainda mais a vantagem, o Fortaleza retornou para o segundo tempo com ainda mais vontade. Nos primeiros minutos, os tricolores não davam espaço para o Oeste jogar e pressionava muito no ataque. Gustavo cobrando falta e Wesley chutando de fora da área, quase marcaram para os donos da casa.

O Fortaleza continuou pressionando até que deu certo. Aos 15 minutos, Felipe recebeu a bola no meio-campo e foi carregando até ver o goleiro mal posicionado e bateu de muito longe, marcando um golaço de empate para os tricolores. Com o gol, o Fortaleza ganhou animo para atacar ainda mais o Oeste, que ia se defendendo como podia.

Os paulistas se fecharam ainda mais e subia nos contra-ataques em busca de um gol. Dodô quase colocou o Oeste na frente, aos 35 minutos, em um bonito chute colocado que pegou na trave antes de ir para fora. Mas quem marcou foi Pedrinho, já no final da partida. Aos 41 minutos, o atacante soube se posicionar muito bem no contra-ataque certeiro do Oeste. Pedrinho recebeu a bola sozinho e livre para marcar deu números finais a partida.