Com gols de pênalti, Fortaleza e Avaí empatam e mantêm posições no G-4
Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza EC

Fortaleza dominou grande parte do jogo, mas o Avaí reforçou mais uma vez sua força fora de casa para buscar o empate no Castelão nesta terça-feira (24). De pênalti, Dodô abriu o placar para os donos da casa e, da mesma forma, Guga decretou o 1 a 1 já na segunda etapa.

Com um esquema adaptado ao rival, espelhando o 3-4-3 de Geninho, o Fortaleza de Rogério Ceni abriu o placar logo no início. Aos dois minutos, Marcinho fez boa jogada pela direita, invadiu a área e foi travado por baixo por Judson, que cometeu pênalti. Dodô foi na cobrança, deslocou o goleiro e abriu o placar para o Tricolor, que não marcava a três rodadas.

O Avaí conseguiu equilibrar o jogo apesar de ter saído atrás e tentou atacar, mas teve pouquíssimas chances de gol. Apesar de conseguir rondar a área de Boeck, o Leão da Ilha não fez o goleiro rival trabalhar: foram duas finalizações, ambas sem direção. Enquanto isso, o Fortaleza criou ocasiões - sete finalizações, duas certas - e esteve mais perto de ampliar do que sofrer o empate no placar. Aos 24, Marcinho recebeu na entrada da área, dominou no ombro e avançou para chutar cruzado, mas Aranha segurou firme.

Aos 36, em jogada pelo meio, Dodô recebeu de Felipe e conectou Marcinho, que invadiu a área e bateu cruzado, à esquerda do gol avaiano. Dois minutos depois, Após ótima jogada pela esquerda, Dodô chutou travado, mas foi travado por Airton. No rebote, Nenê Bonilha arriscou chute de primeira, com perigo sobre a meta do Avaí a última boa chance da primeira etapa.

As duas equipes voltaram com alterações para o segundo tempo. Getterson deu lugar a Douglas Coutinho no Fortaleza, enquanto Luan Pereira entrou na vaga de Beltrán no Avaí. Apesar das mudanças, o panorama do jogo pouco mudou, com o Tricolor tendo mais posse de bola - terminou com 59% -, e com muito mais finalizações - 18 a cinco. Mesmo sem criar muitas ocasiões na metade inicial da segunda etapa, o time mandante segurava o rival sem problemas.

A partir dos 25, porém, o Fortaleza passou a criar boas chances. Após cruzamento da direita, Judson afastou parcialmente, Tinga bateu de qualquer jeito para o meio da área e Dodô finalizou de bicicleta, exigindo grande defesa de Aranha. Cinco minutos depois, Marcinho avançou em velocidade após recebe de Derley, deixou dois para trás e bateu colocado de dentro da área, mas a bola passou raspando à trave esquerda do Avaí. Na sequência, em cobrança de escanteio de Dodô, Roger Carvalho cabeceou no canto e o goleiro avaiano fez defesa incrível para evitar o segundo.

Mesmo sem criar grandes oportunidades, o Avaí conseguiu o empate em sua única finalização certa durante todo o jogo. Aos 35, após cruzamento de Rômulo, Getúlio foi seguro por Adalberto na pequena área e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Guga foi para bola vagarosamente, tirou de Boeck e empatou: 1 a 1. Apesar das tentativas do Fortaleza na reta final, o time visitante segurou o resultado até o fim da partida na capital cearense.

Com 31 pontos, o Fortaleza mantém a liderança e a vantagem de quatro pontos para o Vila Nova, quinto colocado. Já o Avaí sobe aos 27, e mantém o quarto lugar.

O Fortaleza volta a campo no sábado (28), para enfrentar o Juventude, no Alfredo Jaconi, às 16h30. No dia anterior, a sexta-feira (27), o Avaí recebe o vice-líder CSA, às 19h15.

VAVEL Logo