Vitinho é apresentado e fala sobre vontade de atuar no Flamengo: “É sonho de moleque”
Divulgação/Flamengo

Vitinho é apresentado e fala sobre vontade de atuar no Flamengo: “É sonho de moleque”

Jogador já foi regularizado e pode estrear nesta quarta-feira contra o Grêmio, pela Copa do Brasil

lchagas
Leandro Chagas

Vitinho tem tido uma agenda lotada neste início de trajetória como jogador Flamengo. No domingo, o atleta desembarcou no Rio de Janeiro e foi direto para o Maracanã, onde saudou a torcida no intervalo da partida contra o Sport.

Na manhã de hoje, o jogador treinou, e logo em seguida concedeu uma entrevista coletiva no Ninho do Urubu, no começo da tarde desta segunda-feira, onde foi apresentado de forma oficial pelo clube. Muito feliz, o jovem de 24 anos que vestirá a camisa 14, falou sobre a realização de um sonho de criança.

“É um sonho de moleque de verdade. Sempre disse para minha família que um dia jogaria no Flamengo. Graças a Deus, esse dia chegou. Estou louco para jogar, estrear, botar isso para fora e dar alegrias ao torcedor”, falou Vitinho.

Vitinho posa ao lado de alguns sócios torcedores que exibem o número 14, que será utilizada pelo atleta (Divulgação/Nação Rubro-Negra)
Vitinho posa ao lado de alguns sócios torcedores que exibem o número 14, que será utilizada pelo atleta (Divulgação/Nação Rubro-Negra)

O jogador já teve sua situação regularizada e pode estrear nesta quarta-feira, na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Durante atividade realizada pela manhã, Vitinho conversou bastante com o técnico Maurício Barbieri.

“O Barbieri me orientou sobre situações que o Flamengo tem jogado, para encaixar na marcação, no ataque, me elogiou bem para desenvolver bem. Tenho uma experiência de jogo contra o Grêmio. Por conhecer, ter jogado lá, pode fazer uma diferença no jogo”, disse Vitinho, que atuou pelo Internacional entre 2015 e 2016.

A contratação de Vitinho é a mais cara da história do Flamengo. O time Rubro-Negro vai pagar 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 44 milhões ao CSKA Moscou, da Rússia.

O presidente Eduardo Bandeira de Mello, comentou sobre os valores da negociação e a mudança de patamar do clube.

“Quando o Vagner Love saiu, no início de 2013, tivemos que devolvê-lo justamente ao CSKA por não termos a condição de pagar. Agora, fazemos uma contratação emblemática, trazemos um craque do mesmo time do exterior, e ninguém duvida dos nossos compromisso”, disse o presidente.

Vitinho também falou sobre seu posicionamento com o clube russo, o que foi crucial para que a transferência fosse realizada.

"No momento final da negociação, me posicionei para o CSKA sobre a importância deste momento, que era um sonho de criança. Eles ficaram um pouquinho chateados, mas entenderam o sentimento e a realização do que isso era para mim"

O atacante ainda falou sobre a bagagem adquirida pela passagem na Europa.

“Eu amadureci. Chego muito mais maduro e com uma bagagem que me fez crescer muito. Tenho sonhos, objetivos, e Seleção é um deles com certeza. Tenho que me preparar e ajudar meus companheiro”

Quando perguntado sobre o duelo com o Grêmio, o jogador falou sobre as possíveis complicações no confronto.

“Tem a dificuldade de um jogo de mata-mata, um jogo de campeonato, mas estou com tanta vontade de jogar que, por mim, entrava logo.”

 

VAVEL Logo

Flamengo Notícias

há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 15 dias
há 15 dias
há 17 dias