Sem liberação no BID, Santos não contará com Bryan e Sanchéz na Copa do Brasil
(Foto: Arte/VAVEL Brasil)

Sem liberação no BID, Santos não contará com Bryan e Sanchéz na Copa do Brasil

Limite para liberação das documentações é até às 18h desta segunda-feira (30); Prazo para inscrição na competição nacional também se encerra hoje

cahribeirob
Carolina Ribeiro

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (30), o Executivo de Futebol, Ricardo Gomes, além de anunciar Cuca como novo treinador santista, respondeu a imprensa sobre a situação dos jogadores Bryan Ruiz e Carlos Sánchez, ambos anunciados pelo clube nas últimas semanas. A expectativa era de que as novas contratações pudessem jogar a próxima fase da Copa do Brasil, mas Ricardo afirmou que o Peixe não contará com os jogadores por problemas nas documentações, já que o próximo confronto do clube na competição será nesta quarta-feira (01), contra o Cruzeiro, na Vila Belmiro, às 19h30.

"Vai ser difícil. Esses casos são muito mais da parte administrativa… não vai ter tempo necessário. Mas se corresponderem Brasileiro e Libertadores, é dois sobre três”, disse Ricardo, antes de explicar que os casos são diferentes da regularização de atletas brasileiros. Vitinho, do Flamengo, por exemplo, foi anunciado em um dia e apareceu no BID em outro", explicou o executivo.

Questionado se a culpa do atraso das documentações era do clube, Ricardo Gomes afirmou que o atraso é por conta da Polícia Federal, pelo fato de serem estrangeiros.

“São (casos) diferentes, brasileiros e permissão de trabalho para jogar… Não é o Santos. É a Polícia Federal”, completou.

A situação contrariou a expectativa do presidente José Carlos Peres que foi ao mercado estrangeiro para contratar jogadores com possibilidade de atuar em todas as competições, Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro, o que não será possível. 

O Peixe tinha até o final desta segunda-feira para inscrever os atletas para a próxima fase da competição, para isso, os nomes dos jogadores precisavam aparecer no BID da CBF, o que ainda não ocorreu.

VAVEL Logo