No dia em que faz 108 anos, Corinthians enfrenta Atlético-MG
para se aproximar do G-6
Foto: Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthias

No dia em que faz 108 anos, Corinthians enfrenta Atlético-MG para se aproximar do G-6

Equipes se enfrentam na Arena Corinthians pelo Brasileirão

rbussula
Rodrigo Bussula
Corinthians Cássio, Mantuan, Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf e Ángelo Araos (Gabriel); Pedrinho, Jadson e Romero; Roger.
Atlético-MGVictor; Maidana, Leo Silva, Emerson e Fábio Santos; Zé Welison e Adilson, Cazares; Chará, Luan e Ricardo Oliveira.
ÁRBITROWagner do Nascimento Magalhães (Fifa), com auxílio de Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho, todos do Rio de Janeiro
INCIDENCIASCampeonato Brasileiro, 22° rodada; Arena Corinthians, 21h (Horário de Brasília)

O Timão entra em campo na noite deste sábado, 01, contra a equipe mineira do Galo, pelo Brasileirão. Ambos são adversários diretos na tabela de classificação, buscando uma vaga no G-6, que garante a equipe na próxima edição da taça libertadores da América. O Corinthians se encontra na 8° colocação com 29 pontos, enquanto o Atlético-MG está em 6° com 34 pontos ganhos.

+ Confira as ofertas do nosso parceiro, Futfanatics

O jogo acontecerá em São Paulo, na Arena Corinthians, em Itaquera. A partida está prevista para começar às 21h, horário de Brasília. O duelo promete ser quente, principalmente pela fase que vive os dois alvinegros. O Atlético vem de uma vitória amarga para um dos, até então, times mais fracos da competição, o Vitória-BA. Já o Timão vem de uma vitória magra contra o Paraná na última rodada, além de eliminação no meio de semana frente ao Colo-Colo do Chile, mesmo saindo com a vitória por 2 a 1.

Lesão de Fagner e recuperação na tabela em data especial

O Corinthians deve vir sem surpresas para o jogo de logo mais. A equipe comandada por Osmar Loss, deve manter a escalação que venceu o Colo-Colo no meio de semana pela Taça Libertadores da América, e efetuar algumas mudanças pontuais.

Esse é o caso do lateral Fagner, que sentiu uma lesão na última partida e fica fora por até um mês, Pedro Henrique, machucado, e Ralf, que também foi sacado da equipe para o duelo de hoje a noite. Duelo esse que tem um gosto especial, principalmente por ser o aniversário de 108 anos da fundação da equipe de Parque São Jorge. Todos esses fatores devem tornar o duelo, que por si só já é bom pela rivalidade, melhor ainda.

Titular na lateral-direita, no lugar de Fagner, o jovem Mantuan falou sobre a expectativa do Timão para o restante do Brasileirão. “O Brasileiro é uma prioridade também. Apesar de estarmos no segundo turno, ainda restam muitas rodadas pela frente. Vocês (jornalistas) mais experientes em termos de futebol profissional sabem que as coisas mudam muito rapidamente. Há uma distância considerável (para o líder), mas não é impossível. Os clubes que estão lá na frente também podem começar a perder”, afirmou.

Provável escalação: Cássio, Mantuan, Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf e Ángelo Araos (Gabriel); Pedrinho, Jadson e Romero; Roger.

Seca de vitórias e busca pela equipe titular

O técnico Thiago Larghi está preocupado com o duelo de logo mais na casa do alvinegro paulista, principalmente pela seca de vitórias que a sua equipe vem enfrentando. Já fazem duas rodadas que o Atlético Mineiro não consegue emplacar uma vitória sequer. Números que preocupam a torcida do alvinegro mineiro, principalmente pelo time já ter demonstrado potencial para fazer mais e brigar pelo título, já que é a única competição que participam.

O Galo deve ir a campo com novidades, como José Welison e  Adilson atuando juntos. A mudança escancara um fato sobre o treinador mineiro: mesmo emplacando um estilo de jogo sólido, a equipe titular ainda não é algo bem definido. Internamente isso pode aumentar a competitividade da equipe, fazendo os jogadores se doarem mais para conseguir uma vaga no time titular, mas, em contrapartida, deixa o torcedor confuso sobre quais são os onze ideais do treinador.

Perguntado sobre isso, em entrevista coletiva, o treinador comentou sobre os mais de onze jogadores que ele quer contar para atingir os objetivos na equipe. “É muito difícil falar em termos de prazo, porque você tem uma situação como do Elias e do Galdezani, que é uma suspensão. Lesão, a gente não consegue prever. São dinâmicas que o futebol nos exige a competição de ter a melhor formação para o time. A gente acredita no grupo que a gente tem e eu continuo trabalhando com a ideia de ter muito mais do que 11 titulares para o time”.

Provável escalação: Victor; Maidana, Leo Silva, Emerson e Fábio Santos; Zé Welison e Adilson, Cazares; Chará, Luan e Ricardo Oliveira.

VAVEL Logo

    Sport Club Corinthians Paulista Notícias

    há 2 dias
    há 3 dias
    há 5 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 19 dias
    há 20 dias